“Setúbal Resiliência +” debate voluntariado em Proteção Civil

58
visualizações

A importância das organizações de voluntariado no sistema de proteção civil está em destaque no âmbito do programa “Setúbal Resiliência +, Os dias da Segurança”, a decorrer até dia 1 de Março, Dia Internacional da Proteção Civil

- Pub -

O programa “Setúbal Resiliência +, Os Dias da Segurança”, teve início com as comemorações do 233º aniversário da Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal (CBSS), na passada quinta-feira e prossegue ao longo deste fim-de-semana e da próxima semana.

Amanhã (domingo, 24) o programa de “Setúbal Resiliência +, Os Dias da Segurança” decorre com a iniciativa “Quartéis Abertos”, através da qual os setubalenses são convidados a conhecer os meios da CBSS em exposição na Praça de Bocage, e dos Bombeiros Voluntários de Setúbal, em mostra junto do Bacalhôa Parque, em Vila Nogueira de Azeitão.

Na segunda-feira, dia 25, o destaque vai para a relação entre o turismo e a segurança, abordada num seminário a realizar na Casa da Baía, entre as 09h00 e as 17h30.

Um momento que conta com as intervenções da vereadora das Actividades Económicas, Eugénia Silveira, e do director do Departamento de Comunicação e Imagem, Relações Públicas e Turismo de Setúbal, Sérgio Mateus.

Em análise neste encontro estão temáticas como a evolução do turismo em Setúbal, os receios dos turistas quando viajam e a segurança nas praias e na vida nocturna, durante os períodos de férias.

A perspetiva ambiental da segurança também é abordada no com o seminário “Arrábida – Reserva da Biosfera”, agendado para terça-feira, dia 26, entre as 09h00 e as 12h30.

A sessão de abertura deste espaço de informação e debate está a cargo da presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, e da directora do Departamento de Conservação da Natureza e das Florestas de Lisboa e Vale do Tejo, Maria de Jesus Fernandes.

Momento em que Wieslaw Bodziony, da Associação de Municípios da Região de Setúbal divulga a candidatura da Arrábida a Reserva da Biosfera. Seguido pela apresentação de Carlos Caçoete, do Gabinete Técnico Florestal Intermunicipal da Arrábida, sobre a importância do Parque Natural da Arrábida no Plano Intermunicipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios.

Do programa deste seminário fazem igualmente parte apresentações com os temas “Circular em Segurança no Parque Natural da Arrábida”, pelo chefe da Divisão de Mobilidade e Transportes da autarquia, José Madeira; e “Valorização da Visitação e Fruição do Parque Natural da Arrábida”, pela directora do Departamento de Conservação da Natureza e das Florestas de Lisboa e Vale do Tejo, Maria de Jesus Fernandes.

No dia 27, a Câmara Municipal de Setúbal desafia os profissionais da comunicação social a participar na iniciativa “Bombeiro por um dia”, que contempla actividades de carácter formativo sobre o que é ser bombeiro e o que são a Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal e os Bombeiros Voluntários de Setúbal.

“Memórias do Sismo de 1969” é o tema do seminário a decorrer no dia 28, na Casa da Baía, a partir das 09h00, cuja sessão de abertura conta com a intervenção do vereador da Proteção Civil, Carlos Rabaçal, e do presidente do Rotary Clube de Setúbal, António Chitas. A formação geológica da Arrábida; os sismos e tsunami em Setúbal, o estado atual dos edifícios e construções em Portugal; e o que fazer antes, durante e depois de um sismo são temas a abordar no encontro.

Depois do debate em torno destes temas o seminário prossegue às 14h30, com uma visita pelo centro histórico de Setúbal, com ponto de encontro na casa da Baía, conduzida por Manuela Tomé, para observação de danos ainda hoje visíveis provocados pelo sismo de 28 de fevereiro de 1969. No âmbito deste seminário é ainda possível visitar, ao longo do dia, na Casa da Baía, a exposição fotográfica e documental “Memórias do Sismo de 1969 – 28 de fevereiro, a noite em que Portugal tremeu”.

No dia 1 de Março, a celebração do Dia Internacional da Proteção Civil é assinalada com a realização de simulacros e exercícios em escolas e edifícios municipais e uma reunião da Comissão Municipal de Proteção Civil com simulacro de comunicações.

Comentários

- Pub -