Represas abre e Ralph fecha Festas em Honra de S. Pedro

779
visualizações

Celebrações arrancam quarta-feira. Seis dias repletos de animação com a vertente profana a aliar-se à religiosa. Dos vários espectáculos musicais às Procissões, passando ainda pela tradição da festa brava, Montijo prepara-se para exaltar as suas raízes culturais

 

- Pub -

Luís Represas e Anselmo Ralph são os principais nomes artísticos do programa das Festas Populares de S. Pedro do Montijo, que durante seis dias exaltam as mais genuínas tradições locais. O primeiro actua no dia de abertura das celebrações, na próxima quarta-feira, 26, e a actuação do segundo marca o encerramento das festividades, a 1 de Julho. Ambos sobem ao “palco” da Praça da República.

Aliada à vertente profana está a religiosa, inscrita no ADN dos festejos e cujas manifestações arrastam habitualmente multidões. São disso principal exemplo a Procissão Fluvial – com saída do Cais dos Vapores rumo à Base Aérea n.º 6 e regresso, num cortejo acompanhado por embarcações típicas do Tejo – e a Procissão Nocturna de S. Pedro pelas principais artérias da cidade, no dia do padroeiro dos pescadores (29 de Junho).

Outros momentos de simbolismo maior, pela ligação umbilical às festividades, embora com menor adesão popular, têm lugar a 30 de Junho, celebrando-se o Dia de S. Marçal, com a romagem e tradicional lavagem na Ermida do Senhor dos Aflitos, seguida de arrematação de bandeiras e imagens junto à sede da Sociedade Cooperativa União Piscatória Aldegalense (SCUPA) e realização de um almoço da classe piscatória no mesmo local.

De arromba é a tradicional “Grande Noite de Comes e Bebes”, na Rua Joaquim de Almeida, com febras, couratos, entremeadas e sardinhas a estalarem na brasa em fogareiros cedidos pela Câmara Municipal para distribuição aos populares, tal como o “Grande Churrasco do Pescador”, no Bairro dos Pescadores, que este ano realizam-se na sexta-feira, 28.

Festa brava

A festa brava é outra imagem de marca das celebrações, que contempla uma corrida de toiros na monumental Amadeu Augusto dos Santos (sexta-feira, 28) e várias largadas na Rua Joaquim de Almeida.

Novidade este ano é o reforço do número de toiros: cada uma das sete largadas (menos uma do que no ano transacto) vai contar com três toiros em vez de apenas dois, sendo a Rua Joaquim de Almeida dividida em três troços para o efeito.

Quanto à corrida, vai apresentar um cartel composto pelos cavaleiros Luís Rouxinol, Pablo Hermoso de Mendonza e João Moura Caetano, forcados da Tertúlia Tauromáquica do Montijo, dos Amadores do Montijo e do Aposento do Barrete Verde de Alcochete, que vão lutar pelo prémio da melhor pega, e curro com ferro de Irmãos Moura Caetano.

A vertente taurina marca ainda a programação com outras actividades, como o cortejo marialva com campinos trajados a rigor e cabrestos, promovido pela Tertúlia S. Pedro e uma aula prática de toureio a pé (iniciativas agendadas para domingo, 30), além de três entradas de toiros.

Animação e espectáculos

Entre os destaques das celebrações nota também para o desfile do Bibe Eléctrico, com início no Largo da Sibéria (Avenida dos Pescadores), que arrasta uma fila de gente a perder de vista, num pula-pula frenético ao som da interpretação de vários êxitos musicais por Bibe e banda ao vivo. A vibração contagiante do Bibe Eléctrico tem aparições marcadas para a primeira e quarta noite das festas (quarta-feira e sábado).

O dia inaugural das festividades, além de Luís Represas e Bibe Eléctrico, vai contar ainda com uma demonstração de artes marciais e outras actuações artísticas (Ensemble da Escola de Música da AMUT, Santos da Casa, Pão com Manteiga, BOND, e Los Gaboneros).

Uma demonstração cinotécnica, pela manhã, organizada por elementos da BA6, seguida de uma arruada com os Batucando, assim como, a partir das 21h30, o espectáculo musical a cargo da universidade e academias seniores do Montijo, as actuações de Persona 77, Belito Campos (na Noite da Popular FM), Nélio Pinto e Los Desperados marcam a agenda de quinta-feira.

De sexta-feira, além da “Grande Noite de Comes e Bebes” e do “Grande Churrasco do Pescador”, destacam-se a Noite de Actividades da Sociedade Filarmónica 1.º de Dezembro e as actuações de Ana e Luís Vicente (ao final da tarde), Absentia, Tributo aos Xutos, Tó Semedo, Batucando ‘Led Orquestra’ e Jorge Nice.

Além da vertente religiosa, com as Procissões Fluvial e Nocturna, o programa de sábado contempla ainda diversas propostas de animação, como bailes populares com Cristiano Ricardo (na Tertúlia Amigos dos Copos) e Paulo Gamito (no Jardim da Casa Mora) e as actuações de DJ Chami & Friends e a banda Priece Mentiera, entre outros.

Uma caminhada solidária, a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro, o IV Concurso de Barcos Engalanados, o almoço “Pé na Areia”, o I Cruzeiro em Honra de S. Pedro Montijo-Seixal, promovido pela ANAU, o desfile motorizado de bombeiros, o concerto de bandas filarmónicas, o desfile de marchas populares e a actuação de Fernando Correia Marques também marcam a agenda de domingo.

As festas encerram na segunda-feira, 1 de Julho, com o habitual espectáculo piromusical e a tradicional queima do batel na zona ribeirinha, depois da actuação de Anselmo Ralph.

Comentários

- Pub -