Iniciativa Liberal candidata médico Diogo Prates por Setúbal

105
visualizações

Cabeça-de-lista revela medidas defendidas pelo partido para áreas como a saúde e a mobilidade (transportes públicos). “O Distrito de Setúbal não está condenado a ser o parente pobre de Lisboa”, afirma

 

- Pub -

 

Diogo Prates, 36 anos, médico, é o cabeça-de-lista da Iniciativa Liberal (IL) pelo círculo de Setúbal às legislativas de 6 de Outubro próximo.

Por entre críticas à governção PS, sem deixar de fora PCP E BE, Diogo Prates explica as razões que o levaram a aceitar o desafio de encabeçar a lista da IL pelo distrito.

“Porque acredito convictamente que as famílias de Setúbal merecem melhor saúde, melhores transportes, melhor educação, melhor justiça e mais segurança”, afirma, apontando a um obejectivo global: “Não estamos condenados a ser o parente pobre de Lisboa, temos a capacidade de gerar riqueza e melhorar o nosso nível de vida”.

O candidato detalha já algumas das medidas concretas que integram o programa eleitoral do partido, em algumas das áreas atrás referidas.

“Na saúde a IL propõe alargar a ADSE a todos os portugueses e investir no Serviço Nacional de Saúde (SNS)”, revela, considerando que o actual Governo “investe hoje menos no SNS em percentagem do PIB do que investiu o Governo anterior”, além de que esse investimento está abaixo daquela que é a média da União Europeia.

“Nos transportes comprometemo-nos em retomar a subconcessão da Soflusa e a abrir o transporte fluvial de passageiros no Tejo a privados, prestando desse modo um melhor serviço aos passageiros”, assume.

A finalizar, Diogo Prates defense que “só com um clima de negócios competitivo será possível gerar riqueza e proporcionar as condições de vida que os habitantes do distrito merecem e ambicionam”. O caminho da pobreza, reforça, “não é o único” que está destinado para o distrito. “Existe outro caminho para Setúbal”, garante, a concluir.

Comentários

- Pub -