Candidatura de Palmela à Rede das Cidades Criativas aceite pela UNESCO

23
visualizações
A Câmara Municipal de Palmela anunciou, esta sexta-feira, que a candidatura que o município fez à Rede das Cidades Criativas da UNESCO, na área da música, foi aceite.
“Ultrapassada a primeira fase, junto da Comissão Nacional da UNESCO, e a pré-triagem técnica, a candidatura de Palmela concluiu, com êxito, o seu processo de inscrição. Em conformidade com o processo de admissão, a candidatura será submetida a avaliação, com apresentação dos resultados em Novembro”, explica a autarquia, em comunicado.

A nota refere que o objectivo desta candidatura é “projectar o potencial criativo de Palmela”, no distrito de Setúbal, e “trabalhar a música como um dos elementos estratégicos para o desenvolvimento sustentável do território”.

- Pub -

Esta rede da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) conta já com a adesão de 180 cidades.

“Fruto de uma colaboração estabelecida entre a Câmara Municipal de Palmela, associações e agentes culturais locais, a candidatura à Rede das Cidades Criativas é o culminar de um trabalho de investigação que envolveu pesquisas documentais, registos fonográficos e a recolha de mais de uma centena de testemunhos”, sublinha a autarquia.

A Câmara de Palmela salienta ainda que já recebeu dezenas de declarações de apoio de associações, instituições nacionais e internacionais, autarquias músicos e formações musicais.

O município criou um ‘site’ na Internet em que os interessados poderão encontrar toda a informação relacionada com este processo de candidatura.

No concelho de Palmela, recorde-se, está instalado o único museu da Música Mecânica do País.

Lusa

Comentários

- Pub -