Setubalenses podem continuar a usufruir do Parque da Comenda, até ver

377
visualizações

Autarquia está a negociar com os novos proprietários da Quinta da Comenda para que o Parque de Merendas da Comenda e o estacionamento de Albarquel se mantenham de utilidade pública, mas muito dependerá, também, do civismo dos setubalenses.

 

- Pub -

A presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, esclareceu durante a primeira Sessão Pública do ano que os setubalenses vão continuar a ser bem-vindos no Parque de Merendas da Comenda, apesar de agora ambos serem propriedade privada, após a aquisição imobiliária da quinta por um casal que, até ao momento, mantém o anonimato.

“A Comenda está em propriedade privada, mas a autarquia já esteve reunida com os novos proprietários e ao que fomos informados o espaço servirá para habitação”, começou por explicar Maria das Dores Meira. “Fica assim afastada a ideia de um investimento turístico. Inclusive vão manter a traça original do edifício. Quanto ao Parque da Comenda e estacionamento de Albarquel, também fazem parte da propriedade privada, mas queremos que mantenham a utilidade pública e, até ver, isso não foi negado. Dependerá muito da forma cívica como os setubalenses venham a tratar esses espaços”.

O casal mistério garante também a livre passagem nos trilhos abertos pela Câmara Municipal de Setúbal para caminhadas, um dos quais integra a rota do Caminho de Santiago. “Contudo será nossa responsabilidade a manutenção quer dos trilhos, como da vegetação envolvente que venha a ficar degradada. O que coloca algumas dúvidas sobre responsabilidades e custos”, ponderou a autarca.

Para o vereador Paulo Lopes, é positivo que a Câmara esteja a negociar as melhores soluções com os actuais proprietários da Quinta da Comenda e que se mantenha firme na intenção de todo o parque continuar a ser de utilidade pública, contudo o socialista revela-se preocupado como “os muros que estão a ser levantados em Setúbal. Numa frente o acesso a Tróia, na outra o acesso à Comenda e por consequência a Albarquel, onde a autarqua tem planos para uma grande praia de cidade”, comenta.

Comentários

- Pub -