Palmela eleita para a nova direcção do projecto Artemrede

67
visualizações
Novos órgãos sociais da Artemrede

Luís Miguel Calha, vereador da Cultura de Palmela, é um dos vogais da direcção presidida pelo município de Lisboa

 

- Pub -

Palmela foi eleita para fazer parte dos novos órgãos sociais da Artemrede, para 2020-2021, na última sexta-feira, 17 de Janeiro, durante a Reunião Geral e Assembleias Gerais da Artemrede, em Montemor-o-Novo.

Luís Miguel Calha, vereador da Cultura de Palmela, é um dos vogais da direcção que é presidida pelo município de Lisboa.

O encontro contou com todos os associados da rede e foram ainda discutidos o processo de elaboração da Carta Compromisso e a comemoração do 15.º aniversário da Associação.

A Artemrede tem por base a cooperação cultural e é actualmente constituída por 17 associados (Municípios de Abrantes, Alcanena, Alcobaça, Almada, Barreiro, Lisboa, Moita, Montemor-o-Novo, Montijo, Oeiras, Palmela, Pombal, Santarém, Sesimbra, Sobral de Monte Agraço e Tomar e a associação Acesso Cultura). Abrange cerca de 1,36 milhões de habitantes e 110 equipamentos culturais.

A Associação desenvolve a programação regular de espectáculos profissionais, a criação artística, através da produção ou co-produção de projectos, a formação, o desenvolvimento de um Projecto Educativo, constituído por oficinas e outras actividades e o apoio aos associados relativamente à gestão dos seus espaços culturais.

Promove ainda o debate entre os vários municípios associados e visitas de estudo a espaços de apresentação de espectáculos e encontros ou festivais nacionais e internacionais.

Comentários

- Pub -