Ecosado fecha portas

116
visualizações

Estabelecimento onde trabalhava médico Artur Carvalho apagou nome e horário e encerrou

 

- Pub -

A Ecosado, clínica onde foram feitas as ecografias ao Rodrigo, o bebé de Setúbal que nasceu com malformações graves que poderiam ter sido detectadas pelo médico, encerrou portas, confirmou O SETUBALENSE ontem no local.

O estabelecimento, que funcionava junto ao Hospital de São Bernardo, apagou todas as referências que tinha nas montras ao nome, assim como as informações obrigatórias de horário e denominação legal, e tem a grades da entrada corridas até abaixo.

A clínica ficou tristemente célebre por ser o local de trabalho do médico Artur Carvalho e onde foram feitas as ecografias á criança de Setúbal que nasceu sem parte do rosto e da cabeça.

O médico, que também trabalhava no Serviço nacional de Saúde (SNS), no Hospital de São Bernardo, está suspenso e é alvo de vários processos disciplinares na Ordem dos Médicos.

A Ecosado está igualmente a ser alvo de processos, tanto de um inquérito da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, como do Ministério Público, que abriu uma investigação depois de saber-se que, alegadamente, a clínica recebia pagamentos do SNS sem ter acordo para isso.

Comentários

- Pub -