Fernando José e Clarisse Campos confirmam cadeira no Parlamento

82
visualizações

A nomeação de Eduardo Cabrita como ministro e de João Galamba e Ricardo Mourinho Félix para secretarias de Estado, abriram a porta a Fernando José e Clarisse Campos para terem assento na Assembleia da República. O PS de Setúbal está orgulhoso

 

- Pub -

O setubalense Fernando José, em 11.º lugar da lista do Partido Socialista por Setúbal, vai ter assento no Parlamento da República. O jornal O Setubalense já tinha lançado esta possibilidade, a qual veio a verificar-se com a nomeação de Eduardo Cabrita para continuar Ministro da Administração Interna, João Galamba, 4.º da lista, que repete a pasta de secretário de Estado Adjunto e da Energia e Ricardo Mourinho Félix, o número 5, que no XXII Governo Constitucional volta a ocupar o lugar de secretário de Estado Adjunto e das Finanças.

Com o PS a eleger nove mandatos por Setúbal, para além de Fernando José, chega também à Assembleia da República Clarisse Campos de Alcácer do Sal.

“Isto é o reconhecimento do trabalho feito pela Comissão Política Concelhia de Setúbal”, infere Paulo Lopes, presidente desta estrutura do Partido Socialista que, para além de Fernando José no Parlamento, tem Ricardo Mourinho Félix no Governo. O partido em Setúbal “está unido e aposta no futuro”, acrescenta.

Para o responsável socialista é ainda de realçar o trabalho feito pela Federação do PS de Setúbal, liderada por António Mendes que se mantém no Governo como secretário de Estado dos Assuntos Fiscais. “No distrito foi feito um trabalho excelente nas Autárquicas, nas Europeias e agora nas eleições Legislativas”, afirma.

Também satisfeito com a subida ao Parlamento nacional, Fernando José diz estar pronto para “aceitar mais um desafio”, depois de todo o percurso que já fez dentro do partido.

 

Fernando José mantem vereação

 

Lembra que o concelho de Setúbal há muito não tinha um posicionamento tão forte da Assembleia da República como agora, e garante que que vai fazer a “ponte entre o parlamento e o sector empresarial e associações de Setúbal e Azeitão.

Ao assumir, pela primeira, vez funções parlamentares, avança que vai suspender o cargo profissional, por comissão de serviço, como sub-director geral do Emprego e das Relações de Trabalho. No entanto, pretende manter ao lugar que tem como vereador substituto na Câmara de Setúbal.

Fernando José tem 47 anos, é setubalense e reside em Azeitão. Como formação académica é jurista pós-graduado em Direito do Trabalho e Segurança Social. É membro do Secretariado e da Comissão Política Concelhia do PS Setúbal.

Ricardo Mourinho Félix, 45 anos, é natural de Setúbal e membro da Comissão Política Concelhia do PS Setúbal, é economista e, actualmente, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças, voltando a ser reconduzido no cargo.

O primeiro-ministro indigitado, António Costa, apresentou ontem ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a equipa de 50 secretários de Estado para o XXII Governo Constitucional, entre eles 18 mulheres.

No total, incluindo o primeiro-ministro, o XXII Governo Constitucional terá 70 elementos, somando ministros e secretários de Estado, dos quais 26 mulheres e 44 homens. O peso das mulheres no conjunto do novo Governo é de 37,1%.

O executivo cessante de António Costa, XXI Governo Constitucional, tem 17 ministros, passando agora para 19, e 43 secretários de Estado, 17 dos quais mulheres. No total, entre primeiro-ministro, ministros e secretários de Estado, a actual equipa cessante tem 61 governantes.

Na sua primeira composição, que tomou posse em 26 de Novembro, o executivo tinha 17 ministros e 41 secretários de Estado, num total de 59 governantes, incluindo o chefe do Governo.

Comentários

- Pub -