Ano lectivo arranca com 6 milhões de euros de investimento em escolas

38
visualizações
Fotos de Daniel Maia

Pinturas, refeitórios, mais salas de aulas e novas escolas estão num pacote de obras que a autarquia preparou para lançar até ao início deste ano lectivo

 

- Pub -

A Câmara do Seixal tem estado a executar um conjunto de obras em escolas básicas do primeiro ciclo. Segundo a autarquia, o bolo financeiro vai para além dos seis milhões de euros e cobre “grandes obras de requalificação e ampliação, construção de novos refeitórios e várias outras intervenções de melhoramento”.

Aproveitando a paragem das aulas durante o verão estão em andamento obras de requalificação em 12 básicas do primeiro ciclo, “num investimento global de cerca 1 700 000 euros”, refere a autarquia. Trata-se de pinturas interiores e exteriores, reformulação de instalações sanitárias, substituição de pavimentos, portas e janelas, ou a requalificação dos edifícios escolares, entre outras.

A Câmara refere ainda, através de comunicado, que está a investir na “requalificação e ampliação de duas escolas básicas do 1.º ciclo do ensino básico. Na Escola Básica da Quinta de Santo António, em Amora, a obra prevê a requalificação do edificado existente, a construção de um edifício novo e a beneficiação dos espaços exteriores.

No edifício actual, as obras visam a alteração de duas salas de aula para salas de jardim de infância, a reformulação das instalações sanitárias, substituição da rede eléctrica, a execução de pinturas no exterior, a implementação de novas caixilharias e estores e a substituição integral da cobertura. O novo edifício inclui uma sala polivalente, instalações sanitárias, uma das quais adaptada, seis novas salas de aula, sala de professores, gabinete de trabalho, sala de apoio educativo, biblioteca, assim como áreas para arrumos, técnicas e portaria. Esta obra representa um investimento municipal de 1 675 894, 28 euros.

Quanto à Escola Básica de Aldeia de Paio Pires, passará a ter um novo edifício de jardim de infância, com salas de aula, refeitório, cozinha, instalações sanitárias e espaço técnico. Passa a ter oito salas de aula, instalações sanitárias, espaço polivalente, recreio coberto, gabinetes, biblioteca e elevador. Trata-se de um investimento municipal no valor de 1 854 943, 13 euros.

Depois de em Maio ter sido inaugurado o novo refeitório, com capacidade para 65 alunos, na Escola Básica do Bairro Novo, no Seixal, que representou um investimento municipal de 90 200 euros, também a Escola Básica Dom Nuno Álvares Pereira, em Miratejo, tem um novo refeitório. Que implicou um investimento municipal de 205 mil euros.

A Escola Básica dos Redondos, em Fernão Ferro, é outra a ser melhorada com obras de construção de um recinto desportivo para a prática desportiva e uma portaria. Mais junto à baía do Tejo, na Arrentela, a Escola Básica de São João tem um pacote de obras que corresponde a cerca de 266 mil euros + IVA.

Comentários

- Pub -