FACECO abre portas no dia em que o rio Mira vira a página

48
visualizações
Presidente da CM de Odemira na feira FACECO

Estão abertas as portas da FACECO. A 29.ª edição do certame teve a sua inauguração oficial esta tarde, com discursos dos presidentes da Junta de Freguesia de S. Teotónio, Dário Guerreiro, e da Câmara Municipal, José Alberto Guerreiro, e do Secretário de Estado do Ambiente, João Ataíde. A cerimónia antecedeu a assinatura do Pacto do Mira, que surge na véspera da apresentação do Plano Estratégico e Operacional de Valorização do Rio Mira, que decorrerá pelas 16:30 horas de amanhã. 

- Pub -

“Temos um grande conjunto de desafios, muita obra feita, um concelho cheio de vontade se afirmar e dar um sinal de vitalidade desta terra”, garantiu o Secretário de Estado, que durante o dia acompanhou no terreno as necessidades do rio e não tem dúvidas: “Há muito trabalho por fazer.” O memorando foi assinado por 14 instituições – Câmara Municipal, Agência Portuguesa do Ambiente, Águas Públicas do Alentejo, Associações de Beneficiários do Mira, Capitania do Porto de Sines, ICNF, juntas de freguesia de Boavista dos Pinheiros, Longueira/Almograve, Sabóia, Santa Clara-A-Velha, São Luís, São Martinho das Amoreiras, Vila Nova de Milfontes e São Salvador e Santa Maria. 

José Alberto Guerreiro, presidente da autarquia, espera que este memorando traga tempos de mudança e que o município possa “aproveitar nos tempos modernos o que os antepassados fizeram” no passado. “Vozes disseram que estávamos de costas voltadas ao rio. Espero que esta FACECO marque o virar da página”, acrescentou. 

FACECO volta com muita animação 

“A edição de 2019 da FACECO está melhor em todos os sentidos”, garantiu Dário Guerreiro, que vê com agrado a dinamização da feira na freguesia que preside. O certame, defende, espelha as atividades culturais de Odemira, “representa bem aquilo que é S. Teotónio”, um local “com capacidade de responder às dificuldades, (…) virado para o futuro mas sem esquecer o passado”. 

Já o presidente da autarquia frisou a importância do evento, numa altura em que sectores como o turismo estão a ganhar força no município. “Dizem que está mais bonita e eu concordo. Aqui encontramos variadíssimas atividades e iguarias. Aproveitem-nas”, disse o edil, agradecendo a todos os que, apesar das dificuldades, tornaram possível o regresso da feira.  

No certame, cujo orçamento ronda os 250 mil euros, são esperados perto de 30 mil visitantes, que poderão conhecer o trabalho de empresas e instituições que se vão dar a conhecer ao longo de cerca de 300 stands. Também os mais novos têm espaços à sua disposição, com uma área de diversões com trampolins ou insufláveis, um campo para a prática de “Laser Tag” e o espaço Ojovem, que confrontos de gamer e a presença de youtubers. 

As atividades vão continuar até ao próximo domingo, sendo esperadas grandes enchentes ao longo do fim-de-semana. Além das atuações de Carolina Deslandes e Manuel Cruz, que vai suceder aos Diabo na Cruz, os destaques desta edição contam com os concursos das raças bovinas Limousine, Holstein Frisía e da cabra charnequeira, provas de vários produtos regionais como mel, vinhos ou queijos, a entrega  dos prémios “Espírito Empreendedor” e a oferta de viaturas às IPSS locais por parte do Crédito Agrícola de S. Teotónio. 

Comentários

- Pub -