Requalificação da lota na Costa da Caparica concluída em Setembro

97
visualizações
DCIM100MEDIADJI_0587.JPG

A lota da Costa da Caparica está a ser reforçada com novos equipamentos, inclusivamente com a instalação de uma nova câmara de frio. O objectivo da Docapesca é ajustar as instalações ao aumento do volume de transacções de pescado

 

- Pub -

O edifício da lota da Costa da Caparica, Almada, está a ser requalificado e, segundo a Docapesca, a empreitada deverá estar concluída durante o próximo mês de Setembro. O caderno de custos aponta para um investimento de 449.889 euros, cofinanciado pelo Programa Operacional MAR2020.

Esta intervenção, visa dotar o edifício com “as mais recentes exigências no domínio da higiene e segurança alimentar, assim como adaptar as instalações e equipamentos ao significativo incremento do volume de pescado transacionado nesta lota”, avança a Docapesca. Está ainda contemplado o “reforço da cadeia de frio, através da instalação de uma nova câmara de refrigeração e fábrica de gelo”.

Refere esta empresa do sector empresarial do Estado, tutelada pelo Ministério do Mar, que no ano passado a lota da Costa da Caparica “registou um volume de pescado transacionado de 1.746.657 quilos”. Ao m esmo tempo relembra a regra imposta “para assegurar a continuidade da transação do pescado durante o período da intervenção”, a primeira venda de pescado é assegurada na lota provisória instalada junto ao atual edifício, que mantém o número de controlo veterinário do estabelecimento.

Comentários

- Pub -