França dá medalhas de prata a vinhos de ouro da Adega de Palmela

37
visualizações

Vila Palma Reserva Tinto 2015 e Adega de Palmela Moscatel de Setúbal 2016 foram premiados entre um total de cinco mil néctares a concurso

 

- Pub -

 

A Adega de Palmela continua a brilhar nos palcos internacionais pela qualidade dos vinhos que produz. Agora foi em Bordéus, França, no Challenge International du Vin – mais antigo dos principais concursos mundiais de vinho –, que a produtora vitivinícola da região voltou a evidenciar-se, arrebatando duas medalhas de prata no certame decorrido a 12 e 13 de Abril último.

Villa Palma Reserva Tinto 2015 e Adega de Palmela Moscatel de Setúbal 2016 foram os vinhos, “de ouro”, da Adega de Palmela que foram distinguidos com prata.

“O Villa Palma Reserva Tinto 2015 é ideal para acompanhar todos os pratos de cozinha tradicional portuguesa, pratos de caça, carnes grelhadas, queijos e bacalhau. Apresenta um aroma a frutos vermelhos evoluindo para algumas notas de compota, tosta e baunilha. Na boca é macio e com taninos aveludados, apresentando um final de boca agradável”, explica a assessoria de comunicação da produtora.

Já o Adega de Palmela Moscatel de Setúbal 2016, acrescenta, “é obtido a partir da fermentação de Uvas de Moscatel, interrompida através da adição de Aguardente Vínica”. De cor “âmbar com alguns reflexos dourados e aroma a cascas de laranja, mel, frutos secos e chá”, este néctar “apresenta sabor fresco bem equilibrado e com boa persistência”.

O Challenge International du Vin, recorde-se,  é o mais antigo dos principais concursos mundiais de vinho e é tida como a maior competição internacional de néctares organizada no país francês. Durante os dois dias desta edição do certame, mais de 800 profissionais provaram cinco mil vinhos de 38 países diferentes. MÁRIO RUI SOBRAL

Comentários

- Pub -