Comércio de Fernão Ferro mais próximo da população

50
visualizações
Fotos de Daniel Maia

O comércio local e serviços de Fernão Ferro estão agora mais à mão dos munícipes da Freguesia. Acabou de ser lançado um roteiro que dá a conhecer as lojas, promoções e diferenciação

 

- Pub -

O Centro Comercial dos Morgados, em Fernão Ferro, recebeu no passado sábado a sessão de lançamento do Roteiro Fernão Ferro – entre.ruas – Roteiro de Compras e Lazer. Uma edição a ser distribuída à população da freguesia para “melhor ficar a conhecer o comércio e serviços existentes na localidade”, explica o presidente da Câmara do Seixal.

Para Joaquim Santos, os 8 500 exemplares deste roteiro vão dar “maior visibilidade ao comércio local, mostrar o que tem de diferente”, e fazer com que as pessoas sintam menos necessidade de recorrerem às grandes superfícies. O facto é que 118 empresas de Fernão Ferro aderiram a esta edição e, no seu lançamento, começaram a surgir ideias de acções conjuntas entre a autarquia e comerciantes.

“Gerou-se um pequeno embrião para outras ideias na freguesia”, refere o presidente da Câmara que adianta ter-se falado em acções de divulgação para alturas especiais do ano como a animação de Natal e Dia dos Namorados, por exemplo. E já se fala em criar um grupo de trabalho para pôr as ideias a mexer.

 

Miratejo será a próxima localidade com roteiro

 

Concebido entre uma entidade privada e a Delegação do Seixal da Associação do Comércio, Indústria, Serviços e Turismo do Distrito de Setúbal, que teve o seu presidente, Isaú Maia, presente na apresentação pública, o Roteiro Fernão Ferro – entre.ruas – Roteiro de Compras e Lazer tem o apoio da Câmara do Seixal, sendo já a terceira edição destes livros; uma foi dedicada à Amora e outra à Cruz de Pau.

Entretanto está já na calha um roteiro dedicado a Miratejo, uma zona bastante populosa onde o comércio local já teve mais dinâmica. “É preciso fazer com que a população volte a conhecer o seu comércio”, comenta Joaquim Santos. O lançamento só está previsto daqui a alguns meses, sendo primeiro necessário fazer um intenso trabalho de campo para levantamento de todas as lojas e prestadores de serviços existentes na localidade.

Para ser mencionado no roteiro os comerciantes nada pagam. Apenas se quiserem fazer páginas de publicidade, o que será negociado com a empresa que promove as edições.

Comentários

- Pub -