Balcão Único de Odemira soma mais de 10 mil atendimentos por ano

17
visualizações
Vista do Balcão Unico e Espaço Cidadão da CMO com os munícipes

Desde que abriu portas ao público, em 12 de Julho de 2010, o Balcão Único da Câmara Municipal de Odemira já registou largas dezenas de milhar de atendimentos. Actualmente, o serviço apresenta uma média bem superior a “10 mil atendimentos por ano”, revela a autarquia, em jeito de balanço aos nove anos de actividade da referida valência.

- Pub -

“Todo o atendimento presencial foi concentrado num único espaço, proporcionando maior profissionalismo no serviço, conforto para os utentes e reduzindo os custos e a morosidade no relacionamento, tornando os serviços municipais mais eficientes”, sustenta o município sobre o Balcão Único, que não tem parado de crescer.

“O Balcão Único tem vindo a criar medidas adicionais de modernização e melhoria do atendimento presencial, telefónico e digital, com vista a uma melhor interacção com o munícipe, empresas e empreendedores.”

Certificado pelo Sistema de Gestão da Qualidade através do normativo ISO 9001:2015, o Balcão Único, recorde-se, constitui “uma das medidas desenvolvidas no âmbito do Projecto Municipal de Simplificação Administrativa – ODEMIRA SIMPLIFICA – e uma das medidas de simplificação administrativa candidatadas ao Programa Simplex Autárquico”.

Kiosk estendem oferta

Por outro lado, a Câmara de Odemira descentralizou o atendimento, através do projecto Balcão Único Kiosk, a quatro freguesias do concelho, nomeadamente Colos, Sabóia, S. Teotónio e Vila Nova de Milfontes, visando “facilitar o acesso dos cidadãos aos serviços municipais”. Estas localidades foram dotadas de postos de atendimento presencial, onde os munícipes “podem efectuar todos os serviços disponibilizados no Balcão Único do município, nas várias áreas de actuação da autarquia”.

O Balcão Único Kiosk, adianta a autarquia, “é um dos investimentos integrados no Projecto de Racionalização e Inovação no Atendimento Municipal (PRIAM) do município de Odemira, financiados pelo COMPETE – Programa Operacional de Factores de Competitividade, através da AMA – Agência para a Modernização Administrativa”.

Em 2018, o Balcão Único “contou com 10.640 atendimentos e em 2017 totalizou 10.527, dos quais cerca de mil por ano foram realizados nos kiosk”, sublinha a autarquia a concluir.

Comentários

- Pub -