Autarquia avança com gestão inovadora de resíduos orgânicos

88
visualizações

9 mil famílias vão receber compostores para recolha de resíduos orgânicos.

- Pub -

 

A Câmara Municipal está a desenvolver o projecto “Recolha Selectiva de Bio Resíduos em Setúbal”. Um novo desafio à sustentabilidade ambiental, desenvolvido ao abrigo do programa de fundos comunitários Portugal 2020, foi apresentado pela vereadora Carla Guerreiro em reunião de Câmara e aprovado por unanimidade.

No âmbito deste projecto 9 mil famílias residentes em moradias independentes vão receber compostores para recolha de resíduos orgânicos. No total, a primeira fase do projecto irá abranger 20 mil moradores da freguesia de Azeitão e, no futuro, “também moradores de Gâmbia, Pontes e Alto da Guerra e União das Freguesias e Setúbal, serão chamados a participar” revelou Carla Guerreiro.

A par do alargamento a outras freguesias, a vereadora destaca ainda o plano de alargar a recolha de resíduos a grandes produtores de orgânicos “como escolas, hospitais, IPSS e mercados”, revela.

Através deste projecto inovador será possível reter resíduos que habitualmente são tratados como “indiferenciados” e, agora, “passam a ser separados a partir de casa, pelas famílias participantes”.

“Deste modo os resíduos não serão perdidos em aterro e poderão ser direccionados logo à partida para a produção de composto”. Uma medida que garante mais um passo na direcção da sustentabilidade ambiental.

 

Comentários

- Pub -