Vinhos da Península de Setúbal: Crescimento em 2019 superou expectativas

23
visualizações

Presidente da CVRPS fala em “ano muito bom em que a região voltou a crescer, também em valor, o que tem um impacto directo na melhoria das empresas”

 

- Pub -

O ano de 2019 foi de sucesso para os produtos vitivinícolas da região da Península de Setúbal, com um aumento de produção de 5% face a 2018, o que se concretiza numa produção total que se aproxima dos 50 milhões de litros.

Mas este não é o único factor que explica o bom ano da região. De acordo com a Comissão Vitivinícola da Península de Setúbal (CVRPS), os vinhos da Península de Setúbal são os que mais cresceram em volume até Setembro de 2019, um aumento de 2% na quota de vinhos certificados.

Estes dados levaram a que a Nielsen considerasse a região a mais dinâmica face ao período homólogo de crescimento.

Assim, 2019 foi pautado por um crescimento de 14% no volume de certificação e foram certificadas mais de 55 milhões de garrafas, vendidas no mercado português e também exportadas para os principais mercados.

Os vinhos da Península de Setúbal estão na terceira posição entre os certificados mais consumidos no mercado nacional, sendo os que mais subiram em termos de vendas e de valor, algo que agradou imenso ao Engenheiro Henrique Soares, presidente da CVRPS.

“Face à conjuntura do mercada do vinho, quer em Portugal, quer no estrangeiro e para onde exportamos, foi um ano muito bom em que superámos expectativas. A região voltou a crescer, também em valor, o que tem um impacto directo na melhoria das empresas”, referiu a O Setubalense.

E acrescentou ainda quais os objectivos para este ano: “Face à maturidade e patamar de vendas e produção da região, o desafio vai ser sempre, e em cada ano, mantermos pelo menos volume, mas existem condições para crescer, e melhorar o preço médio”.

Comentários

- Pub -