Orquestra Académica Metropolitana tocou Schumann e Saint-Saëns no Fórum Luísa Todi

25
visualizações

A Orquestra Académica Metropolitana apresentou no passado domingo à tarde, no Fórum Municipal Luísa Todi, um concerto com um reportório de músicas dos compositores Robert Schumann e Camille Saint-Saëns, os dois do século XIX.

- Pub -

Dirigida por Jean-Marc Burfin, a formação constituída por alunos da Academia Nacional Superior de Orquestra, tocou alguns dos temas mais sonantes de Schumann, o poema dramático “Manfred” e a Sinfonia n.º 3, Op. 97 e “Renana”, a última composição que foi pelo alemão.
O concerto contou ainda com o pianista António Rosado, que se juntou à Orquestra Académica Metropolitana para interpretar o mais conhecido dos cinco concertos para piano que Camille Saint-Saëns compôs.

A terceira sinfonia apresentada foi escrita por Schumann entre os dias 2 de Novembro e 9 de Dezembro de 1850, depois de uma viagem ao Reno, que o músico descreveu como um “Episódio de uma vida às margens do Reno”, resultando daí o subtítulo Renana, pelo qual ficou conhecida.

Já “Manfred” foi escrita por Lord Bryon, entre 1816 e 1817, e adaptada musicalmente por Schumann em 1852 numa composição intitulada “Manfred: Dramatic Poem with music in Three Parts”.

Comentários

- Pub -