Deputados socialistas visitam escolas da região

43
visualizações

Fernando José vai estar hoje na Quinta do Conde e Maria Antónia Almeida Santos visita o concelho da Moita na próxima segunda-feira

 

- Pub -

 

Os deputados socialistas, eleitos pelo círculo de Setúbal, continuam em périplo pelas escolas da região, no âmbito da iniciativa “Parlamento dos Jovens”, promovida pela Assembleia da República e dirigida aos alunos dos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e secundário. Fernando José participa hoje numa sessão a ter lugar no Agrupamento de Escolas da Quinta do Conde e Maria Antónia Almeida Santos estará, na próxima segunda-feira, 20, no Agrupamento de Escolas José Afonso de Alhos Vedros, Moita.

O Parlamento dos Jovens apresenta este ano dois temas em debate – “Violência Doméstica e no Namoro: Da sensibilização à acção”, para o ensino básico; e “Como garantir o respeito e a igualdade”, para o ensino secundário. A iniciativa, sublinha o Grupo Parlamentar do PS em comunicado, aponta a um conjunto de objectivos, como “educar para a cidadania”, “dar a conhecer a Assembleia da República” e o seu funcionamento, “promover o debate democrático” e “incentivar a reflexão e o debate sobre os tema definidos anualmente”, entre outros.

Em jeito de balanço, os socialistas lembram que já visitaram vários estabelecimentos de ensino no distrito, ao abrigo de participações em sessões do referido programa. A Escola Secundária Anselmo de Andrade, em Almada, e a Escola Daniel Sampaio, na Sobreda/Almada, receberam o deputado Filipe Pacheco, ao passo que a Escola Secundária de Santo António, no Barreiro, contou com a visita de André Pinotes Batista. Fernando José esteve na Secundária de Bocage, em Setúbal, Sofia Araújo visitou a Secundária 3.º CEB Poeta Al Berto, em Sines, e Clarisse Campos marcou presença na Secundária de Alcácer do Sal.

“A presença de deputados tem uma importância axiomática neste contexto e é valorizada, por alunos e professores, como uma experiência única de contacto directo entre representantes e representados para partilha de ideias sobre questões que afectam directamente os jovens e/ou a realidade local ou nacional”, consideram os eleitos do PS, vincando a importância do contributo que o projecto e todos os participantes emprestam para a afirmação da democracia.

O Parlamento dos Jovens, recorde-se, culmina com a realização anual de duas sessões nacionais na Assembleia da República: uma dirigida aos jovens do ensino básico e a outra destinada aos alunos do secundário.

Comentários

- Pub -