Artes e desporto despertam para a inclusão

28
visualizações

Sessões de cinema, acções de formação, jogos adaptados e a iniciativa “Jantar às Cegas” fazem parte do programa Semana Temática da Deficiência

 

- Pub -

A 11ª edição da Semana Temática da Deficiência tem início de 1 a 9 de Dezembro. O evento organizado pelo Grupo Concelhio para as Deficiências – Setúbal, tem início pelas 10h30, no Cinema Charlot – Auditório Municipal, com a sessão cinematográfica intitulada “Cineautismo”. Um momento dedicado a crianças e jovens com perturbações do espectro do autismo.

Ao longo desta edição, o cinema volta a estar em destaque com a exibição do filme “A Família Belier”, agendada para dia 8, no Espaço 50 Cuts, próximo à Sé de Setúbal, pelas 16h00, também com entrada gratuita.

O “Dia Aberto dos Jogos Adaptados”, destinado à comunidade educativa, realiza-se no dia 3, entre as 09h00 e as 18h00, na Escola Secundária Sebastião da Gama, com actividades de boccia, goalball, basquetebol em cadeira de rodas, slalom em cadeira de rodas e percursos com guia para cegos.

No mesmo dia, entre as 10h00 e as 17h00, na placa central da Avenida Luísa Todi e no centro comercial Alegro Setúbal, a população tem a oportunidade de realizar rastreios gratuitos de prevenção da doença renal.

Um “Jantar às Cegas”, que desafia participantes, sem quaisquer problemas visuais, a ter uma refeição totalmente privados de luz, é servido no dia 5, pelas 20h00, na Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal. Uma iniciativa gratuita, porém com vagas limitadas.

Seguem-se, no dia 7, pelas 17h00, no Museu do Trabalho Michel Giacometti, apontamentos culturais com a peça “História(s)”, pelo Grupo PensarTeatro, da Associação de Saúde Mental Doutor Fernando Ilharco, e com um concerto pelo Ensemble Juvenil de Setúbal.

Segundo a Câmara Municipal de Setúbal, que integra o Grupo Concelhio para as Deficiências, “a 11ª Semana Temática de Deficiência, representa um programa de sensibilização da comunidade para uma atitude de aceitação, valorização e inclusão das pessoas com deficiência e de promoção dos valores de tolerância, solidariedade e respeito pelos outros, que conta com a parceria de várias entidades, propõe ainda um alargado conjunto de acções de formação destinadas à comunidade educativa e técnicos e cuidadores de saúde”.

Comentários

- Pub -