Florbela Teixeira lança segundo romance histórico

14
visualizações

A história de “Rosália – a menina exposta da roda” desenrola-se num Portugal oitocentista durante a guerra entre liberais e absolutistas. Rosália nasceu em parte incerta, foi criada pelo padre e a criada, e não desiste de descobrir as suas origens

 

- Pub -

O romance histórico “Rosália – a menina exposta da roda”, da autoria de Florbela Teixeira, chega ao público dia 23 de Novembro. O lançamento está marcado para as 16h00 na Biblioteca Municipal de Palmela.

Professora na Escola Hermenegildo Capelo em Palmela e residente na vila de Palmela, Florbela Teixeira narra a história de vida de uma jovem, nascida em parte incerta a 20 de Abril de 1802, criada na Casa do Adro pelo padre e pela criada, que anseia descobrir as suas origens.

“A protagonista levada pelas memórias que encerra a sete chaves no seu coração, parte numa viagem atribulada ao encontro do passado. Na sacristia da igreja de S. Salvador do Unhão, consulta, com avidez, os livros paroquiais de registo de batismo. Uma terrível e confrangedora surpresa a aguarda! “Rosália, exposta da roda!”, um murmúrio constante e abrasador que lhe domina o pensamento e aflige o coração”, assim descreve a autora.

A história entra pela guerra fratricida entre liberais e absolutistas num Portugal oitocentista que Florbela Teixeira empresta à sua narrativa envolta na ambiência económica, social, cultural e política da história de Rosália e do padre Amorim. “Dá cor à narrativa e envolve o leitor, arrastando-o numa viagem pelo passado, ao encontro da identidade de Rosália e das aventuras e desventuras da pátria lusitana”, comenta.

Florbela Teixeira, natural de Felgueiras, distrito do Porto, nasceu a 17 de Agosto de 1964. Licenciada em História, variante Arqueologia, pela Faculdade de Letras do Porto. “Rosália – a menina exposta da roda” é o segundo livro da autora que se estreou com o romance “Uma família nos tempos de Salazar”.

Comentários

- Pub -