Chakall escolhe Lagoa de Santo André para entrar no mercado turístico

61
visualizações

Primeiro projecto turístico do chef argentino será um alojamento local com nove suítes e um restaurante. Espera-se que esteja pronto em 2020, fruto de um investimento de meio milhão de euros

- Pub -

 

O chef argentino Chakall, dono de vários restaurantes na Grande Lisboa, escolheu a Costa de Santo André, no concelho de Santiago do Cacém, para abrir o seu primeiro projecto no sector hoteleiro. Segundo avançou a O SETUBALENSE, será um alojamento local com nove quartos e um restaurante situado na Lagoa de Santo André. O projecto prevê um investimento de meio milhão de euros, segundo a autarquia, e tem data prevista de conclusão para 2020.

 

O alojamento vai nascer a partir da estrutura do restaurante que já existe, perto das dunas da praia, e que Chakall comprou com um sócio, dando-lhe o nome de Otto Ficsh – o seu primeiro restaurante de peixe – no final de julho. As nove suítes (quartos com casa de banho privativa), distribuídas por dois pisos e o restaurante com terraço (cujas obras deverão começar no fim deste ano) ocuparão uma área de 600 metros quadrados.

 

O projecto ainda está em fase de desenvolvimento e licenciamento, revelou o chef, mas a ideia “é a própria construção ser sustentável”, através da colocação de painéis solares para a obtenção de energia eléctrica, por exemplo, e da utilização de materiais amigos do ambiente. Algo que, para Chakall, faz sentido tendo em conta a localização e beleza natural da lagoa. “Aqui há sol o ano inteiro, estrategicamente é fantástico”, disse.

 

Junta e Câmara aplaudem investimento

 

“Estamos numa zona de excelência em termos turístico e que queremos que saia reforçada e é precisamente este tipo de investimentos que podem catapultar a região para esse desenvolvimento extra”, disse David Gorgulho, presidente da Junta de Freguesia de Santo André, em reacção ao investimento anunciado. “Acho que este investimento do Chakall vai-nos permitir entrar no mapa em Portugal e no estrangeiro”.

 

Opinião unânime tem Álvaro Beijinha, presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém. “Estamos a falar de um rosto da gastronomia a nível nacional e internacional. O facto de ele vir aqui fazer este investimento na costa de Santo André, no município de Santiago do Cacém, obviamente que é uma mais-valia”, afirmou o autarca.

 

Chakall promove Alentejo na Alemanha, Áustria e Suíça

 

O anúncio do investimento no restaurante e futuro alojamento turístico foi feito por Chakall à margem de um evento que juntou jornalistas estrangeiros, um operador turístico alemão e a Agência de Promoção Turística do Alentejo no lançamento de uma parceria com vista à promoção do Alentejo na Alemanha, Áustria e Suíça.

No âmbito dessa iniciativa, Chakall – escolhido por ser uma figura mediática naqueles países, ter nacionalidade argentina e ascendência alemã – irá participar como embaixador do Alentejo em showcookings em Portugal e na Alemanha, em feiras mundiais e numa “grande campanha online”, durante três anos.

 

A parceria junta a Entidade Regional de Turismo do Alentejo, o operador turístico Olimar Reisen e o chef. “A Olimar é um dos principais operadores turísticos da Alemanha para Portugal, desde 1972, e a agência trabalha com eles desde há pelo menos 15 anos”, justificou Vítor Silva, presidente da Agência de Promoção Turística do Alentejo, em declarações a O SETUBALENSE.

 

Comentários

- Pub -