Tradições à solta com oito dias de festa rija em Alcochete

106
visualizações

A exaltação das mais fortes tradições alcochetanas cumpre-se, este ano, entre 9 e 16 de Agosto com as habituais Festas do Barrete e das Salinas, que têm como figuras centrais o forcado, o salineiro e o campino.
A festa brava vive-se de forma intensa em Alcochete e esta edição dos festejos não foge à regra: 18 largadas de toiros, arte de campinagem, demonstração de forcadagem, cortejo equestre, corridas e entradas de toiros na vila são algumas das actividades em destaque no programa. A Noite da Sardinha Assada, como habitualmente, dura até à aurora e arrasta uma multidão impressionante, cotando-se como uma das imagens de marca das celebrações. Mas também não irão faltar diversas outras iniciativas de cariz cultural e recreativo, como folclore e muita animação musical, além da devoção das gentes locais à religião católica, representada na Procissão em Honra de Nossa Senhora da Vida.
O encerramento destas festividades ímpares – que não se explicam, sentem-se… – acontece com o habitual espectáculo piromusical no Passeio do Tejo.

Comentários

- Pub -