Enfermeiros debatem respostas à evolução profissional

28
visualizações

A Hospitalização Domiciliária e Visita Domiciliária ao recém-nascido prematuro, Diabetes, a Rede de Cuidados Continuados, assim como novas tecnologias e o desenvolvimento profissional são temas centrais em debate hoje e amanhã

 

- Pub -

As IV Jornadas de Enfermagem de Setúbal estão marcado para hoje e amanhã no Fórum Municipal Luísa Todi, são dois dias em que profissionais ligados a esta área da saúde debatem o tema “Compreender o presente. Evoluir para melhor cuidar”.

Entre os vários assuntos a serem abordados, será analisada a motivações e comportamentos da classe à Hospitalização Domiciliária e Visita Domiciliária ao recém-nascido prematuro, Diabetes, a Rede de Cuidados Continuados, novas tecnologias e o desenvolvimento profissional.

Todo o debate será centrado numa profissão que, segundo, a enfermeira directora do Centro Hospitalar de Setúbal (CHS), Carla Silva Mendes, “está em constante mudança o que exige uma adaptação profissional para responder com qualidade às novas necessidades dos cidadãos, cada vez mais informados e exigentes, apenas possível de garantir, numa lógica de busca constante pela melhoria do desempenho profissional”.

A enfermeira directora do CHS considera igualmente que a enfermagem “cresceu em muitos sentidos, apresentando-se hoje, como um grupo profissional mais competente e diferenciado, sedimentado pelo grande investimento na investigação, prestando cuidados de maior complexidade e qualidade”.

A isto acrescenta que “mais do que tratar, o enfermeiro tem como finalidade cuidar da pessoa, o que torna o processo de mudança e adequação dos cuidados de enfermagem ao longo dos tempos, um dos maiores objetivos e desafios dos enfermeiros”.

A sessão de abertura conta com as presenças da presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, do Presidente do Conselho de Administração do CHS, Manuel Roque, da enfermeira diretora do CHS, Carla Silva Mendes, da bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco do presidente da Administração Regional de Setúbal de Lisboa e Vale do Tejo, Luís Pisco e Bárbara Carvalho diretora executiva do ACES Arrábida.

Comentários

- Pub -