Intervenção na Vala de Corroios previne cheias

38
visualizações

Obras já efectuadas ou em curso dão esperança aos moradores de Corroios que não se repetirão os transtornos de muitos invernos

 

- Pub -

A Vala de Corroios está a beneficiar de intervenções, tanto da Câmara do Seixal como da Simarsul, que visam melhorar a capacidade de escoamento para evitar cheias.

Sendo assunto que suscita o interesse de grande parte dos cidadãos de Corroios, uma das freguesias mais populosas do concelho do Seixal, O SETUBALENSE – DIÁRIO DA REGIÃO solicitou à Câmara Municipal do Seixal informações sobre a Vala de Corroios, que tantos transtornos tem causado aos que residem nas suas imediações, quando os invernos são fortemente pluviosos. A autarquia, também ciente da importância da questão, foi rápida na resposta. Assim, ficamos a saber que, “no âmbito da manutenção periódica da vala de Corroios, a autarquia procede à limpeza da mesma com recurso a equipamento pesado e pessoal técnico e operacional, designadamente a jusante da Rua dos Corticieiros”. Além disso, prossegue a Câmara Municipal, “Importa referir que, tendo em conta a localização da referida vala, em determinados troços é necessário contactar os proprietários dos terrenos para permitir o acesso à vala, uma vez que em alguns troços esta se encontra vedada”.

Diga-se que a autarquia tem em vista várias operações visando “ melhorar o escoamento das águas pluviais na vala, designadamente, a substituição de sumidouros existentes na Av.ª 25 de Abril, entre a Rua Casa do Povo e a Rua dos Corticeiros, por equipamentos que permitem aumentar a eficiência e os caudais de escoamento (sargetas)”.

Acrescente-se a estes trabalhos a “a remoção das caixas de visita do Emissário da Simarsul que se encontram no leito da vala, bem como a regularização da laje de fundo da vala. A execução do trabalho a cargo desta entidade externa constituirá uma mais-valia quanto à melhoria dos caudais de escoamento, na inserção da vala com o estuário”.

A construção das chamadas bacias de retenção, no seguimento de estudos sobre o funcionamento da vala e adequação do escoamento hidráulico, é outra obra projectada. Segundo os técnicos da autarquia, “trata-se de uma solução integrada que contribuirá para a regularização do escoamento, adaptada às novas realidades de precipitação que cada vez mais se fazem sentir”.

 

Por José Augusto

Comentários

- Pub -