Autoeuropa vai usar comboio no transporte de automóveis para o Porto de Setúbal

80
visualizações

O transporte por ferrovia significa ainda permitir a redução de 32 viagens diárias de camiões entre a fábrica e a infra-estrutura portuária. Até Dezembro, serão transportados 250 carros por dia

- Pub -

A Volkswagen Autoeuropa activou, na passada sexta-feira, o comboio para transporte diário de 250 automóveis para o Porto de Setúbal, o que permite reduzir as emissões de dióxido de carbono em 400 toneladas por ano.
Segundo um comunicado da empresa, o transporte por comboio significa uma redução das emissões de dióxido de carbono de 80%, comparativamente com o transporte por camião, e uma redução de 32 viagens diárias de camiões no percurso entre a fábrica de Palmela e o Porto de Setúbal.
Rui Baptista, director da área de logística da Volkswagen Autoeuropa, salienta no mesmo documento que o transporte ferroviário não só tem menor impacte no ambiente do que a rodovia como também é “financeiramente mais competitivo” a médio prazo.
De acordo com a Autoeuropa, numa primeira fase, até Dezembro deste ano, está previsto o transporte diário de 250 carros numa composição ferroviária, mas a empresa prevê aumentar o recurso à ferrovia para dois comboios diários, a partir de 2020, assegurando o transporte de 500 automóveis por dia para o Porto de Setúbal.
O transporte ferroviário de 500 veículos/dia significa que 68% da produção da fábrica de Palmela será transportada por via ferroviária e a restante produção por via rodoviária.
A fábrica de automóveis de Palmela, que tem actualmente 5.800 trabalhadores, produziu no ano passado um total de 223 mil e 200 unidades dos modelos T-Roc, Sharan e SEAT Alhambra, grande parte dos quais são exportados por via marítima, através do Porto de Setúbal.

Porto de Setúbal é o segundo do País a movimentar mais carga por ferrovia

O primeiro transporte de automóveis foi recebido no Porto de Setúbal na sexta-feira. “Um comboio com 125 viaturas Volkswagen” cumpriu a primeira viagem de reactivação do transporte de veículos por ferrovia a partir da fábrica de Palmela para o terminal portuário, revelou o Porto de Setúbal.
Em comunicado, a infra-estrutura portuária reforça que a partir de sexta-feira e até Dezembro “serão feitas duas viagens diárias com um total de 250 viaturas transportadas e, numa segunda fase a partir de Janeiro, quatro viagens diárias com um total de 500 viaturas, permitindo transportar por ferrovia 68% do volume da produção da fábrica já em 2020”.
O Porto de Setúbal sublinha, igualmente, que a operação “da responsabilidade da Volkswagen Konzernlogistik em parceria logística com a Rodo Cargo permitirá retirar 64 camiões da estrada”.
Com estes novos comboios diários, o Porto de Setúbal salienta que “reforça e consolida a sua posição de segundo porto nacional na movimentação de cargas por ferrovia, contribuindo para um transporte mais sustentável e amigo do ambiente”.
A administração da infra-estrutura portuária tem em curso a execução do projecto de melhoria dos acessos ferroviários ao Porto de Setúbal.

Com Lusa

Comentários

- Pub -