Câmara aprovou novo Plano e Orçamento para 2019

32
visualizações

Autarquia na senda da recuperação e consolidação económica-financeira. Neste aspecto, está entre as melhores de todo o país

O executivo da Câmara do Seixal aprovou, no passado dia 7 de Agosto (GOP), as Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2019. Este importante instrumento da gestão autárquica mereceu os votos dos eleitos da CDU e a abstenção dos do PS e Bloco de Esquerda, bem como do independente Manuel Pires.

- Pub -

As GOP terão de ser agora ractificadas em Assembleia Municipal, já marcada para 4 de Setembro. Lembre-se que, em Novembro do ano passado, este mesmo órgão rejeitou o documento, o que causou um certo transtorno à gestão da CDU, que disso se vem lamentado ao longo dos últimos meses.

Joaquim Santos, presidente da autarquia seixalense, declarou que é agora possível “concretizar a opção gestionária, valorizando centenas de trabalhadores da autarquia e o desenvolvimento de vários investimentos importantes que irão contribuir decisivamente para a consolidação desta nova fase de grande desenvolvimento económico e social no concelho, com a execução de um vasto conjunto de projectos e acções de grande impacto na valorização do território e na qualidade de vida das populações”.

As GOP para 2019 prevêem uma verba de 137,6 milhões de euros e reflectem a consolidação financeira da autarquia, apesar de consagrarem uma evolução crescente dos indicadores do investimento público. O resultado líquido do exercício de 2018 ascende a 19,6 milhões, o que coloca o Município do Seixal entre os nove melhores de todo o país neste capítulo.

Finalmente a Piscina de Paio Pires

As áreas ligadas ao ambiente, cultura, educação, desporto, transportes e serviços urbanos são as privilegiadas apontando ao desenvolvimento estratégico do Município do Seixal. Disso são exemplos o lançamento dos concursos das obras do Centro de Dia do Casal do Marco, da construção do Lar de Idosos de Fernão Ferro e da creche da Associação dos Serviços Sociais dos Trabalhadores das Autarquias do Seixal.

A educação terá outras condições com a requalificação e alargamento das escolas da Aldeia de Paio Pires e Quinta de Santo António, além de outros quatorze estabelecimentos escolares, assim como o novo Jardim de Infância da Quinta de S. Nicolau.

Amora com o seu Centro Cultural

No ambiente, os esforços vão para a segunda fase da construção do Parque Urbano do Seixal e o lançamento da primeira fase do Parque Metropolitano da Biodiversidade. Por sua vez, na cultura merecerão atenção o concurso para a edificação do Centro Cultural de Amora e do Centro Internacional da Medalha Contemporânea. Há também muito a fazer no domínio desportivo, como a conclusão do Pavilhão da Mundet, o prosseguimento do Complexo Desportivo de Santa Marta do Pinhal, a abertura do concurso para a construção do Pavilhão de Fernão Ferro e a construção da Piscina de Paio Pires.

Avançará também o concurso para a construção da Loja do Cidadão de Amora e para o Cemitério de Fernão Ferro.

Seja como for, as expectativas estão agora orientadas para a ractificação, pela Assembleia Municipal, nos princípios de Setembro, do Plano e Orçamento. O que deverá acontecer, se o espírito de voto dos partidos não se alterar até então.

 

J.A.

Comentários

- Pub -