PS e PAN sempre a subir e os outros a descer

45
visualizações

Socialistas vencem em todas as freguesias. PSD, CDS e CDU baixam votações. BE também teve descida, mas ligeira. PAN cresceu em todo o lado

- Pub -

 

 

O PS venceu nas quatro freguesias do concelho de Palmela, com um total percentual de votos (37,43%) superior aos resultados globais do partido (36,65%) mas inferiores à média que registou no distrito de Setúbal (38,58%), nas legislativas de domingo que ditaram maioria relativa para António Costa e seus pares.

Os socialistas reforçaram o triunfo conseguido no referido concelho há quatro anos, crescendo 5,16 pontos percentuais na votação, além de aumentarem também os resultados em cada uma das freguesias – entre os partidos que elegeram deputados pelo círculo de Setúbal, o PAN foi, a par do PS, o único que subiu, embora ligeiramente, resultados em Palmela (concelho), sendo que todos os outros registaram quedas de votação.

O PSD – que em 2015 concorreu coligado com o CDS, registando 23,70% dos votos – foi a segunda força mais votada (15,03%) no concelho, porém a soma ao resultado agora obtido pelos centristas (3,26%) revela uma descida de 5,41% em relação ao escrutínio de há quatro anos.

Queda significativa (3,41%) teve também a CDU, que se manteve como terceira força política mais votada. O BE desceu ligeiramente (1,47%) e o CHEGA, com 2,01%, estreou-se à frente de Livre (1,41%) e PCTP/MRPP (1,10%).

Na sede do concelho, Palmela, o PS subiu quase 3%, o PAN cresceu pouco mais de dois pontos e o resultado de PSD e CDS somados representou menos 5,37% dos votos do que o verificado em 2015. A CDU baixou mais de 2%, mantendo-se como quarta força nesta freguesia, e o BE (terceiro mais votado) também diminuiu, ligeiramente.

No Pinhal Novo, o PS aumentou a votação em 5,98%. Esta foi a única freguesia do concelho onde a CDU conseguiu chegar ao segundo lugar, ainda assim perdeu 3,61 pontos percentuais. Embora tenha decrescido 2,32%, o BE subiu ao último lugar do pódio por troca com PSD e CDS (juntos em 2015 haviam registado 18,93%; a soma de ambos nestas eleições ficou-se pelos 13,77%). O PAN subiu 2,43%.

Na Quinta do Anjo, PS e PAN registaram tendências idênticas aos resultados obtidos, respectivamente, nas outras freguesias, no que toca ao crescimento da votação; PSD e CDS juntos tiveram menos 5,63% dos votos, a CDU diminuiu 3,88% e o BE decresceu dois pontos.

A União das Freguesias de Poceirão e Marateca foi onde o PS mais cresceu (uma subida de 8,88%, ao passar de 33,17 para 42,05%) e a CDU mais desceu (menos 5,24%). PSD e CDS baixaram significativamente, e o BE e o PAN obtiveram ligeiras subidas.

Este foi o território onde se verificou também a maior taxa de abstenção no concelho (57,09%, mais 10,03 pontos do que o valor registado no concelho, superior à média distrital de 46,36%).

Comentários

- Pub -