O Coro Setúbal Voz e a Companhia de Teatro ‘O Bando’ no Teatro Nacional D. Maria II

119
visualizações
Giovanni Licciardello – Professor

 

- Pub -

No período compreendido entre os dias 14 e 24 de Novembro de 2019, a Companhia de Teatro O Bando e o Coro Setúbal Voz estiveram mais uma vez de mãos dadas, levando o espectáculo intitulado “Purgatório” de Dante Alighieri, aos palcos do prestigiado Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa.

 

Estes espectáculos são o corolário de uma feliz e oportuna parceria entre estas duas instituições, iniciada em Fevereiro de 2019 e que já conta com dezenas e dezenas de ensaios e 14 concertos, realizados em Lisboa (9), Setúbal (4) e Coimbra (1).

 

A equipa artística que nos proporcionou estes espectáculos foi constituída por João Brites, encenação; Miguel Jesus, dramaturgia; Jorge Salgueiro, música e direcção musical; Juliana Pinho, corporalidade, Rui Francisco, cenografia; Clara Bento, figurinos e adereços; Nicolas Manfredini, desenho de luz; Miguel Lima, desenho de som; Dora Sales, assistência à encenação e cenografia; com os actores Fernando Luís (Vergílio), Nélson Monforte (Dante), Rita Brito (Matilde) e Sara Belo (Beatriz).

 

 

Pelo Coro Setúbal Voz estiveram os seguintes elementos:

 

  • Baixos: Adalberto Petinga, Benedito Marques, Carlos Oliveira, Francisco Canteiro, Giovanni Licciardello, João Carvalho, João Oliveira, José Saraiva, Luís Torres, Manuel Alexandre, Mário Neves, Osvaldo Picoito, Pedro Andrade, Rafael Narciso.

 

  • Contraltos:Ana Cláudia Sousa, Ana Cristina Ferreira, Ana Paula Rosa, Anaísa Rato, Antónia Godinho, Antonieta Saragoça, Carolina Pinto, Cláudia Martinheira, Dinora Ferreira, Isabel Soares, Isabel Vieira, Manuela Palma Rodrigues, Maria Celeste Gomes, Maria do Carmo Barbosa, Sónia Tchissole Silva, Susana Couto, Teresa Barreto, Teresa Hiêu, Teresa Jesus, Teresa Olaio.

 

  • Sopranos: Amália Marrafa, Ana Arruda, Ana Leão, Carme Juncadela, Cátia Rodrigues, Célia Nascimento, Dina Alves, Eduarda Azinheira, Esperança Cadima, Eulália Matta, Fátima Afonso, Fátima Brito, Filomena Murtinheira, Isabel Marques, Juliana Telmo, Maria do Carmo Nunes, Maria João Viegas, Maria José Gervásio, Marisa Rodrigues, Odete Lula, Paula Coelho, Regina Dinis, Salomé Cunha.

 

  • Tenores: Alexandre Machado, David Martins, Frederico Prazeres, Jaime Torres, João Rato, José António Raposo, Néu Silva, Paulo Luz, Paulo Nunes, Paulo Simões.

 

Para nós, Coro Setúbal Voz, constituiu uma grande honra, um enorme prazer e privilégio poder contracenar com a Companhia de Teatro O Bando, seguramente uma das companhias de teatro mais categorizadas e prestigiadas do nosso país.

 

Muito Obrigado e Bem Hajam!

 

Por tudo! Pela vossa amizade, disponibilidade, simpatia, informalidade, carinho, cumplicidade, profissionalismo e também  pelo afecto demonstrado em todas as ocasiões.

 

Coro Setúbal Voz no Teatro Nacional D. Maria II. Grande honra. Tremenda responsabilidade. Sala sempre cheia. Público rendido. Satisfação em todos os rostos, os olhares, os sorrisos, os beijos e abraços colectivos.

 

Uma sensação de júbilo indescritível. Individual, mas, sobretudo, colectiva.

 

Aí fomos nós ao encontro do público, com Jorge Salgueiro e João Brites na frente da locomotiva, seguidos de perto por todos nós.

 

Em palco, as palmas são o alimento da nossa Alma. É o nosso trabalho e prestígio que também saíram reforçados. Só com muito amor, carinho, determinação e perseverança se tornou possível tudo aquilo que se conseguiu.

 

Estivemos presentes no nosso encontro com o Destino.

 

Unidos pela amizade, pela música e pelo afecto.

 

A região de Setúbal saiu seguramente valorizada com o desempenho destas duas prestigiadas instituições.

Comentários

- Pub -