Homenagem a um Amigo

54
visualizações
Paulo Valdez – Ex-autarca e ex-dirigente do PSD Setúbal

 

- Pub -

O José Miguel não nasceu em Setúbal, mas foi cá na nossa terra que viveu a maior parte da sua vida. A qualidade do seu desempenho como autarca foi excecional, reconhecida por todas as forças políticas

 

O Dr. José Miguel Vicente Coelho Dias Pereira foi um cidadão que marcou a vida da nossa cidade, através de intensa actividade profissional, empresarial, política e associativa.

O José Miguel licenciou-se em Direito pela Universidade Livre, assumindo a carreira de advogado, seguindo o exemplo do pai, o saudoso Dr. Vasco Dias Pereira.

Não nasceu em Setúbal, mas foi cá na nossa terra que viveu a maior parte da sua vida.

Fez a escola primária na Academia Luísa Todi e o ensino secundário no Liceu Nacional de Setúbal, hoje Escola Secundária de Bocage.

Fomos amigos durante muitos anos, sublinhando o facto da família de minha mulher e a do José Miguel serem amigas há várias gerações.

Convivemos proximamente durante mais de vinte anos.

Tive o prazer de o propor, pela primeira vez, para uma candidatura à Assembleia Municipal de Setúbal pelo PSD, nas eleições autárquicas de 1993.

Assumiu durante vários mandatos a liderança da bancada do PSD na Assembleia Municipal de Setúbal.

A qualidade do seu desempenho como autarca foi excecional, reconhecida por todas as forças políticas.

Participou activamente na vida do PSD e teve um papel importante na candidatura do Dr. Fernando Negrão à Câmara Municipal de Setúbal em 2005.

Era multifacetado.

Além da sua actividade de advocacia e de empresário, dedicou-se a diversas instituições da nossa cidade como o Vitória Futebol Clube e a Santa Casa da Misericórdia de Setúbal.

A sua presença em qualquer reunião, fosse política, associativa ou empresarial, era sempre marcante.

Não me esqueço de noites inesquecíveis, em sua casa, dedicadas ao karaoke.

Como cantava, excecionalmente bem, a canção “My Way” do Sinatra.

Nunca deixava ninguém indiferente.

Era divertidíssimo.

Nos últimos anos, mudou de vida.

Procurou novos caminhos.

Encontrou em Moçambique a resposta para as questões que o atormentavam.

Voltara a encontrar-se, na sua procura permanente pela felicidade aliada ao sucesso, fundamental para sua personalidade afirmativa e extrovertida.

Aos 59 anos, deixou-nos. Não o esquecemos.

Que Deus o guarde junto de si.

Comentários

- Pub -