Sobre o resultado eleitoral da cdu

25
visualizações
Francisco Ramalho – Ex-bancário, Corroios

É consensual que a solução governativa que agora chegou ao fim e que a direita pejorativamente apelidou como se sabe, agradou à grande maioria dos portugueses. Também não  haverá grandes duvidas sobre a influência que o PCP teve em relação à larga maioria das medidas positivas que a mesma gerou.

- Pub -

Portanto, perante tal quadro, porque é que a CDU foi agora tão penalizada?

Seria devido à sua palavra de ordem ; Avançar é Preciso! (Avançar nos direitos do povo e dos trabalhadores)

Seria pelo facto do PCP e do PEV se terem manifestado veementemente contra medidas gravosas como, por exemplo, as alterações ao Código do Trabalho propostas pelo Governo e aprovadas pelo PS que aumentam quase para o dobro o período experimental de trabalho, agravando assim brutalmente a precariedade e criando um ainda maior exército de desempregados, sobretudo jovens, que beneficia principalmente o grande patronato?

Seria porque o PCP preconiza uma economia baseada em três pilares; Privado, Público e Cooperativo e não apenas quase só no primeiro, como os que ganham as eleições preconizam e implementaram?

Seria pela solidariedade internacionalista do PCP para com todos os povos que lutam pela paz, pela justiça social e pela sua autodeterminação?

Ou não será por tudo isto e não só, que o PCP/CDU, conta com a hostilidade da influente comunicação social dominante? Grande responsável por tais resultados.

 

PS- No meu artigo de opinião anterior, “Corroios Homenageia Amália”, por lapso, alterei o nome da fadista Marilú de Matos para Marilu Santos. Aos leitores e sobretudo à visada, as minhas desculpas.

 

Comentários

- Pub -