Coca-Cola lança programa de apoio a mulheres empreendedoras

83
visualizações
BORA Mulheres foi apresentado na Câmara Municipal de Lisboa. (Fotografia: DR)

Chama-se Bora Mulheres e quer apoiar pelo menos 100 mulheres a desenvolver ou iniciar o seu próprio negócio na área da alimentação e bebidas, durante este ano. Projecto faz parte de um programa mundial da Coca-Cola para formar 5 milhões de mulheres até 2020

 

- Pub -

A Coca-Cola quer ajudar a formar pelo menos 100 mulheres empreendedoras a desenvolver os seus negócios na área da alimentação e bebidas até ao final do ano, no âmbito do programa de formação e mentoria Bora Mulheres que se estreia agora em Portugal. A apresentação oficial do programa decorreu na Sala do Arquivo dos Paços do Concelho da Câmara Municipal de Lisboa, terça-feira à tarde.

O Bora Mulheres é um programa de formação e mentoria destinado a mulheres com idades entre os 18 e os 60 anos que “só precisam de ter uma boa ideia de negócio para o sector da alimentação e bebidas ou um projecto incipiente já em curso”. Na prática, consiste numa formação intensiva em várias áreas (ideia e estratégia, recursos humanos, financiamento e comunicação, por exemplo) dada pela Impact HUB, uma rede de especialistas em inovação.

Participam formadores reconhecidos em diferentes áreas e o objectivo é capacitar as mulheres não só a nível profissional, para que se tornem empresárias bem-sucedidas, mas também a nível pessoal, ajudando a criar uma rede de partilha e apoio entre as participantes. “A formação é dada ao fim de semana, para que as mulheres consigam conciliar a sua vida profissional com a vida pessoal”, explicou Ana Gáscon, directora de responsabilidade corporativa da Coca-Cola Ibéria, a O SETUBALENSE – DIÁRIO DA REGIÃO.

A Coca-Cola tem 50 vagas em Lisboa e outras 50 no Porto, mas as inscrições, abertas online no princípio de fevereiro, ultrapassaram em muito as expectativas da organização. Face a isso, a empresa pondera aumentar o número de lugares para Portugal, podendo vir assim a formar mais de 100 futuras empresárias este ano. As sessões estão programadas para os dias 9 e 10 de março na Impact HUB Lisboa e 25 e 26 de maio na Impact HUB Porto e duram de manhã até ao final da tarde.

O Bora Mulheres integra o Avançamos, o programa de sustentabilidade da Coca-Cola para a Europa Ocidental assente em seis pilares – bebidas, embalagens, sociedade, água, clima e cadeia de fornecimentos – , cuja meta é 2025. E faz também parte do programa 5by20 com que a Coca-Cola já atingiu 2,4 milhões de mulheres empreendedoras em 75 países de todo o mundo. A meta global é formar 5 milhões de pessoas, já a contar com as mais de 100 participantes portuguesas do Bora Mulheres.

Vale a pena lembrar que a história da Coca-Cola em Portugal tem uma marca indelével no distrito de Setúbal, nomeadamente graças à fábrica situada em Azeitão (onde se produz toda a bebida comercializada em Portugal e Espanha) e que em 2018 comemorou 40 anos de laboração. Segundo a empresa, a unidade é “um importante motor da economia local e nacional, no que diz respeito à criação de emprego e à capacidade de produção”, mas também “devido ao seu forte envolvimento com a sociedade portuguesa”, o que lhe concede “um lugar de destaque no top das maiores empresas do distrito de Setúbal”.

Comentários

- Pub -