Vinhos da região de Setúbal arrecadam seis medalhas

73
visualizações
6ª Edição do Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola

 

- Pub -

Depois de avaliar vinhos oriundos das principais regiões vitivinícolas do país o Júri decidiu premiar os produtores locais de Setúbal pela qualidade dos seus vinhos com atribuição do prestigiado galardão Tambuladeira de Ouro.

A iniciativa do Grupo Crédito Agrícola, em parceria com a Associação dos Escanções de Portugal, pretende apoiar o sector vitivinícola e o desenvolvimento das economias locais, especialmente as Cooperativas e os Produtores, promovendo e colocando à prova a qualidade dos vinhos nacionais

A cerimónia de entrega de prémios do 6º Concurso de Vinhos Crédito Agrícola decorreu na Casa do Douro, Peso da Régua. Contou com a presença de Licínio Pina, Presidente do Crédito Agrícola, José Manuel Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal do Peso da Régua, e Manuel Cardoso, Vice-Presidente do Instituto da Vinha e do Vinho, entidade que, desde a primeira edição, certifica o Concurso. Marcaram ainda presença cerca de duas centenas de convidados entre produtores, representantes de cooperativas, enólogos, escanções e responsáveis do Crédito Agrícola de todo o país.

 

Dos 244 vinhos brancos, tintos e espumantes colocados à prova por 145 produtores nacionais das várias regiões vitivinícolas do país, o júri distinguiu, durante as provas cegas realizadas no AUDIR – Auditório Municipal de Peso da Régua, 76 vinhos com a Tambuladeira dos Escanções de Portugal, 3 com a Grande Medalha de Ouro, 35 com medalhas de ouro e 38 com medalhas de prata. Entre o painel de Júri, destaque para Andres Rosberg, escanção argentino e actual Presidente da ASI – Association de La Sommellerie Internationale.

Nesta 6.ª edição foram distinguidos vinhos oriundos das regiões vitivinícolas dos Vinhos Verdes (3 medalhas), Douro (13 medalhas), Beiras (3 medalhas), Dão (5 medalhas), Bairrada (3 medalhas), Tejo (9 medalhas), Lisboa (12 medalhas), Península de Setúbal (6 medalhas), Alentejo (18 medalhas) e Algarve (4 medalhas).

A Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Entre Tejo e Sado regista com particular regozijo a atribuição do prémio de Tambuladeira de Ouro aos vinhos da Península de Setúbal produzidos pelos seus parceiros Casa Ermelinda Freitas, Casa Agrícola Assis Lobo, Adega Cooperativa de Palmela e Cooperativa Agrícola Sto. Isidro de Pegões, cujos medalhados foram os seguintes:

A lista de vinhos da Península de Setúbal premiados é a seguinte:  Adega de Pegões Grande Reserva Vinho Regional Península Setúbal Tinto 2016; Cooperativa Agrícola Sto. Isidro de Pegões; Dona Ermelinda Reserva DOC Palmela Branco 2018/Casa Ermelinda Freitas – Vinho; Lobo Mau Reserva DO Palmela Tinto 2013/Casa Agrícola Assis Lobo; Quinta da Mimosa DOC Palmela Tinto 2016 /Casa Ermelinda Freitas – Vinhos e Villa Palma Reserva DOC Palmela Branco 2016/Adega Cooperativa de Palmela. Os restantes vinhos premiados estão acessíveis no sítio www.creditoagricola.pt

Comentários

- Pub -