APSS prepara-se para iniciar dragagens

79
visualizações
ALEX GASPAR

 Draga Breydel já está no Sado.

- Pub -

 

A draga apontada para fazer o aprofundamento do canal de navegação no rio Sado já está em Setúbal.
Ontem, a chegada do navio  belga era dada como certa pela associação SOS Sado, nas redes sociais, mas, apesar das tentativas, O SETUBALENSE não conseguiu confirmar essa informação, junto da Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra.

Entretanto, em comunicado a APSS confirmou que as dragagens iriam começar na próxima semana, entre os dias 9, segunda-feira, e 15, como o jornal tinha avançado em noticia publicada no mês passado. “Os trabalhos relativos à primeira fase do projecto decorreram dentro da normalidade, encontrando-se praticamente concluídos, permitindo criar as condições para avançar com os trabalhos de dragagem na semana de 09 a 15 de Dezembro”, disse a administração portuária na terça-feira à agência Lusa.

ALEX GASPAR

Na resposta a perguntas da agência Lusa, a APSS adianta que, “dos 3,5 milhões de metros cúbicos de dragados, cerca de metade serão colocados no aterro a nascente do Terminal Ro-Ro e os restantes nos locais de deposição constantes da DIA, Declaração de Impacte Ambiental”.

A APSS refere ainda que “tem estado particularmente atenta às preocupações manifestadas pelas associações de pescadores, com as quais está a trabalhar no sentido de encontrar uma solução que, assegurando o cumprimento da DIA, salvaguarde os interesses da comunidade piscatória de Setúbal”. “Neste sentido os trabalhos de deposição dos sedimentos iniciar-se-ão pela zona do aterro a nascente do Terminal Ro-Ro”, lê-se na resposta.

Comentários

- Pub -