S. Sebastião leva uma centena de idosos ao teatro no Grupo Desportivo Independente

30
visualizações

Com interpretação de Bruno Frazão e Natália Abreu, “Fado Low Cost”, representa uma comédia musical, inserida no espírito de crítica social, política e religiosa. Os temas originais são cantados por fadistas setubalenses

 

- Pub -

O programa da Junta de Freguesia de São Sebastião para assinalar o Dia Internacional da Pessoas Idosa tem decorrido ao longo deste mês com eventos especiais como a recente visita da comunidade sénior ao espaço museológico “Recanto Eugénia Lima”, sede do “Instituto Eugénia De Jesus Lima, Rainha do Acordeão”, em Rio Maior. Uma iniciativa que conta com a parceria da Associação dos Acordeonistas de Portugal.

Em destaque fica também a presença de mais de uma centena de seniores em uma sessão exclusiva  da comédia musical “Fado Low Cost”.

O momento dedicado ao teatro, oferecido pela JFSS, decorreu na sede do Grupo Desportivo Independente (GDI) e proporcionou uma tarde muito alegre e animada, graças a um enredo cómico, da autoria de Bruno Frazão, Natália Abreu, Carlos Crispim e Ester Correia.

Em representação do executivo da JFSS, Maria José Namorado marcou presença no evento que considerou estar “muito bem executado e divertido”. A autarca, responsável pelo pelouro da Cultura e Desporto, mostrou-se satisfeita por poder oferecer à população sénior este tipo de iniciativas, em parceria com a Câmara Municipal e com o movimento associativo da freguesia. Uma posição também partilhada por Nuno Costa, presidente da JFSS que, após assistir ao espetáculo no dia anterior, valorizou o papel das colectividades que proporcionam ao cidadão comum um contacto privilegiado com a Arte.

No parecer do autarca, “a experiência que estes cidadãos comuns adquirem, neste caso, na produção teatral, permite-lhes obter uma série de competências técnicas e criativas que são verdadeiramente transformadoras das suas vidas”.

 

O Fado em “Low Cost”

 

A peça “Fado Low Cost” aborda as vigarices a que os pseudointelectuais Bordas e Zebaida, interpretados por Bruno Frazão e Natália Abreu, sujeitam os clientes da BAZA – Bordas And Zebaida Airlines.

Entre os passageiros que compraram o seu bilhete para o voo inaugural da nova companhia aérea low cost estão figuras artísticas como Ana Malhoa, o músico setubalense Toy, e a emblemática fadista Amália Rodrigues; políticos como a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, António Costa e Assunção Cristas. Para além de outras figuras públicas, como Bruno de Carvalho e José Castelo Branco.

O elenco conta com três dezenas de pessoas em cena, entre atores, fadistas, bailarinos e figurantes. Da lista de participantes, destaque para o elenco rotativo de fadistas, composto por Joana Lança, Marlene Couto, Sara Margarida, Carla Lança, Nuno Rocha e Carlos Nascimento, que interpretam temas com letras originais, inseridas num espírito de crítica social, política e religiosa.

Comentários

- Pub -