CDS aposta em Nuno Magalhães pela quarta vez

162
visualizações
SONY DSC

Distrital centrista aprova nomes. Patrícia Pinto Figueira ocupa segundo lugar na lista por Setúbal

Nuno Magalhães, do CDS-PP, foi o primeiro nome a ser anunciado como cabeça-de-lista pelo distrito de Setúbal às Legislativas de Outubro próximo. No passado sábado, a Assembleia Distrital de Setúbal dos centristas aprovou, com cerca de 80% dos votos, a indicação de Patrícia Pinto Figueira, presidente da concelhia de Alcochete, como número dois da lista.
Na reunião realizada em Setúbal foram igualmente aprovados os nomes indicados pelas concelhias e os lugares na composição da restante lista.
“A decisão foi tomada tendo por base critérios fundamentados e transparentes, aprovados pela Comissão Política Distrital, onde se incluem a paridade e as votações em actos eleitorais anteriores. Este foi um processo inovador e inédito de decisão democrática, onde os delegados concelhios exerceram de forma livre o seu direito de voto”, revelou João Viegas, presidente da distrital do CDS-PP.
Ana Clara Birrento (Setúbal), João Merino (Montijo) e José Coutinho (Almada) completam, respectivamente, os primeiros cinco lugares da lista.
Nuno Magalhães volta assim a liderar a lista democrata-cristã, depois de ter sido cabeça-de-lista em 2005, 2009 e 2011, além de ter liderado o grupo parlamentar do partido nos dois últimos mandatos.
“Foi um um nome consensual em todo o distrito. É importante os nossos representantes conhecerem a realidade do círculo por que concorrem”, comenta João Viegas sobre Nuno Magalhães, que já anunciou que abandonará a liderança do grupo parlamentar.
O líder da distrital reforça ainda que “os dirigentes do distrito depositam total confiança no trabalho desenvolvido e também no desempenho que Nuno Magalhães tem tido enquanto líder da bancada parlamentar nos dois últimos mandatos”.
João Viegas optou por não integrar desta vez a lista por Setúbal. “Já fui candidato, deputado, e há que dar espaço a outros elementos, que possam constituir-se como soluções. Estou inteiramente com esta lista e com Nuno Magalhães. É preciso dar um sinal de mudança e renovação”, admitiu, justificando a concluir que a escolha da número dois da lista “visa destacar o trabalho muito válido que tem sido realizado no concelho de Alcochete”.
A lista do CDS-PP pelo círculo eleitoral de Setúbal é composta por 52% de homens e 48% de mulheres.

Comentários

- Pub -