Coca-Cola limpa 670 Kg de lixo na Praia da Ponta dos Corvos

17
visualizações

Liga para a Protecção da Natureza coordenou a acção que contou ainda com o apoio da autarquia

O programa de limpeza ambiental “Mares Circulares”, promovido pela Coca-Cola, voltou a passar pela região, permitindo na passada terça-feira a recolha de 670 Kg de resíduos da Praia da Ponta dos Corvos, no Seixal.

- Pub -

A acção contou com a participação de mais de 250 voluntários, oriundos da Escola Secundária da Amora, da Escola Profissional Bento de Jesus Caraça, da Universidade Sénior do Seixal e da Marinha Portuguesa, resultando na recolha de 441 Kg de lixo indiferenciado, 117 Kg de plástico, 90 Kg de vidro e 22 Kg de PET.

A coordenação da limpeza, que contou com o apoio da Câmara Municipal do Seixal, esteve a cargo da Liga para a Protecção da Natureza, Organização Não Governamental parceira do “Mares Circulares” – programa de intervenção e sensibilização promovido pela Fundação Coca-Cola e pela Coca-Cola European Partners (CCEP) desde o ano passado.

Recorde-se que este ano, no âmbito deste programa, já foram realizadas intervenções na Praia da Galapos, em Setúbal, na Praia de Melides, em Grândola, bem como na costa de Viana do Castelo, na Caloura (Ilha de São Miguel), no Bom Sucesso (Óbidos) e na Praia de Faro (Algarve), juntando um total superior a dois mil voluntários.

“O ano passado, na primeira edição deste programa, foram retirados cerca de 800 quilos de lixo de seis praias portuguesas e enviados para tratamento e reciclagem selectiva. O PET foi reintroduzido na cadeia de valor, dando origem a novos materiais e embalagens”, vinca a assessoria de comunicação da entidade promotora do programa.

“Como resultado do projecto, a Coca-Cola produziu este ano as primeiras garrafas no mundo fabricadas com material proveniente de plástico marinho e aptas para serem utilizadas em alimentação e bebidas. As 300 garrafas apresentadas este mês em Londres utilizaram 25% de plástico reciclado proveniente de praias e fundos marinhos de Portugal e Espanha.”

O “Mares Circulares” abrange o território ibérico, contemplando intervenções em mais de cem praias e ambientes aquáticos ao longo de um total de 270 quilómetros de costa, com a colaboração de várias ONG’s e milhares de voluntários de diversas instituições e sociedade civil.

Comentários

- Pub -