Movimento Escolas Sem Amianto prepara queixa na Europa

63
visualizações

O Seixal é um dos concelhos com amianto em escolas públicas. A informação já chegou ao Movimento Escolas Sem Amianto que enquanto espera resposta do Ministério da Educação, prepara queixa contra Portugal

 

- Pub -

O Movimento Escolas Sem Amianto (MESA) vai entregar até ao final do ano uma queixa contra Portugal na Comissão Europeia por inacção na remoção de amianto nas escolas, que são edifícios públicos, disse o coordenador André Julião.

Em declarações à agência Lusa, o coordenador do MESA refere que “só faltam ultimar algumas questões formais para que a queixa seja entregue”. Ao mesmo tempo o movimento está a “aguardar pelo resultado da queixa que entregámos em Maio à Provedoria de Justiça contra o Ministério da Educação por inacção na retirada do fibrocimento degradado, contendo amianto, nos vários estabelecimentos escolares”, indicou.

Diz este responsável que tem recebido queixas de várias escolas, entre elas algumas do Seixal. “Isto é um problema a nível nacional. Nós temos de chamar a atenção por esta via, uma vez que não conseguimos fazê-lo pela via formal, para que o Ministério entenda que este tema tem de ser uma prioridade”, disse.

André Julião referia-se à marcha e cordão humano que aconteceu na passada semana na Portela, concelho de Loures. Diz o coordenador do MESA que tentou ser recebido pelo ministro da Educação, mas “não obteve resposta”.

Comentários

- Pub -