Câmara exige medidas urgentes para conclusão das obras na João de Barros

41
visualizações
Foto de Luis Miguel Martins / Camara Municipal do Seixal

Os eleitos da Câmara do Seixal colocaram-se ao lado da comunidade escolar da Secundária João de Barros e aprovaram uma tomada de posição onde requerem que o Governo ponha um ponto final num impasse que dura há 9 anos

 

- Pub -

 

Depois da manifestação de protesto, na passada semana, dos pais, alunos e professores da Secundária João de Barros, em Corroios, por mais uma paragem das obras de requalificação desta escola, na última reunião da Câmara Municipal do Seixal foi aprovada uma tomada de posição que exige a “conclusão urgente destas obras”.

Refere o documento que esta requalificação teve início em “Outubro de 2010 e implicam que os alunos, professores e funcionários sejam obrigados a trabalhar e aprender em contentores prefabricados ao lado de um estaleiro desde essa data”.

Lembra ainda que de acordo com a Parque Escolar, entidade responsável pela obra, esta “deveria estar concluída no espaço de um ano e meio, mas em 2011 parou pela primeira vez e desde então os trabalhos têm sido interrompidos e os prazos sucessivamente adiados, sem um fim à vista para uma situação que se arrasta incompreensivelmente há nove anos”.

Sobre este impasse o presidente da Câmara, Joaquim Santos, afirma que “é inquestionável a necessidade de modernização desta escola”, assim como “é inquestionável a resolução de um problema que penaliza cerca de 1200 alunos, docentes e funcionários de forma injusta sem que se vislumbre uma solução que conclua um processo iniciado em 2010”.

Considera a tomada de posição que “é urgente de criar as condições necessárias à prestação de um ensino de qualidade e devolver à normalidade, a vivência escolar da comunidade educativa da Escola Secundária João de Barros, a Câmara”. Assim sendo, impõe “reivindicar ao Governo medidas urgentes e necessárias à conclusão das obras de modernização iniciadas há nove anos na Escola Secundária João de Barros”.

Comentários

- Pub -