PS perde eleito na Assembleia de Freguesia de Pinhal Novo

69
visualizações

Bruno Grazina anunciou que passa a independente. Saida não preocupa concelhia

 

- Pub -

 

 

 

O eleito socialista na Assembleia de Freguesia do Pinhal Novo anunciou a sua saída do PS, tendo alegado a “existência de divergências políticas e pessoais absolutamente insanáveis com o presidente da Concelhia de Palmela”, o vereador Raúl Cristóvão.

Bruno Grazina crítica a “total ausência de projecto político do Partido Socialista para o Pinhal Novo” e revela que vai “cumprir o remanescente do mandato na Assembleia de Freguesia de Pinhal Novo na condição de independente”. O eleito acrescenta que irá “solicitar a desfiliação da condição de militante do PS junto das entidades competentes para o efeito”.

Bruno Grazina, de 28 anos, era militante do PS desde 2011 e foi eleito na Assembleia Municipal de Palmela, no mandato de 2013 a 2017.

Nas últimas eleições autárquicas foi candidato do PS à Junta de Freguesia de Pinhal Novo, onde ao longo destes últimos 14 meses de mandato, assumiu a defesa da resolução de carências, nomeadamente no lado sul da vila e na pavimentação dos aceiros na zona rural da freguesia.

Face às recentes notícias de intervenção nos logradouros e parqueamentos, o agora autarca independente considera que “as obras agora anunciadas avançam com algum desfasamento de agenda, mas resultaram de constantes sugestões da oposição, e espero que se concretizem, porque mais vale tarde que nunca”.

 

 

Raúl Cristóvão deposita total confiança nos restantes eleitos

 

O presidente da concelhia do PS de Palmela garantiu em conferência de imprensa “não estar preocupado com a saída de Bruno Grazina”, porque “depositamos total confiança nos eleitos na Assembleia de Freguesia de Pinhal Novo”. Raúl Cristóvão, que é também vereador do PS, fez questão de destacar que “nunca discutimos pessoas, mas ideias” e reafirmou “aqui dentro não há questões pessoais e os eleitos sejam do Pinhal Novo, Marateca, Poceirão, Palmela ou Quinta do Anjo fazem da política um acto público de cidadania”.

O PS, lembrou, “ é um partido de liberdade, que convida todos a entrar e não convidou ninguém a sair pois estamos aqui para construir e lutar pelo concelho e pelas populações”.

O presidente socialista anunciou João Estróia como novo líder da bancada na Assembleia da Freguesia de Pinhal Novo, que prometeu “saber lidar com as críticas e nós eleitos iremos continuar com o programa que todos ajudámos a fazer”, porque “é preciso criticar para evoluir e não fechamos essa porta a ninguém”. João Estróia garante que “a equipa está unida, mais forte e disponível para continuar focada em trabalhar para a população”.

Na conferência de imprensa para além do presidente da concelhia e do novo líder de bancada marcaram presença os eleitos João Luís Ferreira, Patrícia Caixinha e Ricardo Lopes, que manifestaram o seu apoio a Raúl Cristóvão e a João Estróia.

Comentários

- Pub -