Regularização da Salgueirinha em marcha

59
visualizações

Trabalhos consistem na substituição de 13 atravessamentos e de dois troços cobertos, na regularização do leito, limpeza e desobstrução da ribeira

 

- Pub -

Os trabalhos de regularização da Ribeira da Salgueirinha, em Pinhal Novo, continuam a decorrer junto à Urbanização Vila Paraíso.

A obra era uma reivindicação antiga de autarcas e população, devido aos maus cheiros provocados e também para controlo das cheias que ocorrem frequentemente nesta linha de água. A ocupação indevida do leito de cheia e a alteração significativa do traçado original da linha de água tem contribuído para o agravamento dos problemas.

As intervenções agora a decorrer são para repor as condições naturais de drenagem pluvial e potenciar a requalificar a paisagem.

Os trabalhos consistem na substituição de 13 atravessamentos e de dois troços cobertos, na regularização do leito, a limpeza e desobstrução da ribeira.

De acordo com o Estudo de Impacto Ambiental, as intervenções vão decorrer no traçado actual da ribeira, excepto na Rua 1.º de Janeiro, onde um troço de 130 metros canalizado será substituído por um troço a céu aberto e na Avenida Infante D. Henrique, onde a ribeira estava atravancada entre um muro de uma moradia e a vedação de uma propriedade particular. Mas também no aqueduto sob a EN252 (junto à Playhouse), onde a passagem hidráulica a construir vai obrigar ao rebaixamento de dois metros do actual leito. As obras vão condicionar a circulação automóvel.

A Ribeira da Salgueirinha tem cerca de 13,9 Km de extensão, nasce na Serra do Louro, junto à Quinta do Anjo e possui uma rede hidrográfica pouco ramificada. Os principais afluentes desta ribeira são a Ribeira da Quinta do Anjo, Ribeira da Cova Funda, Ribeira de Alpecanhas, Ribeira de Palmela e Ribeira da Venda do Alcaide.

O troço a intervencionar tem uma extensão de aproximadamente 5,5 Km, no limite jusante da ribeira, correspondendo ao troço final da extensão total da ribeira, entre a zona de confluência da Ribeira do Alecrim (a montante) e a Barragem da Brejoeira, na intercepção com a Autoestrada A12 (a jusante).

Comentários

- Pub -