Câmara investe mais de quatro milhões na educação

67
visualizações

Vereador Adilo Costa destaca obras executadas nas escolas e lembra a necessidade de construção de pavilhões desportivos na Secundária de Palmela e na Escola Básica José Saramago, em Poceirão

 

- Pub -

A requalificação de equipamentos, o apoios aos transportes escolares, as refeições gratuitas e a distribuição de fruta são iniciativas da autarquia de Palmela, que se assume como município educador.

O vereador Adilo Costa, responsável pelo Pelouro da Educação, apresentou na última sessão da autarquia, o que se pode esperar do novo ano lectivo. O autarca destacou o forte investimento na requalificação de escolas, onde “foram concluídas a Escola Básica Matos Fortuna, na Quinta do Anjo, os arranjos ampliação e requalificação dos espaços exteriores da EB Brejos do Assa, a substituição de janelas e de estores da EB Palmela nº2 e no Jardim de Infância de Vale da Vila 2”.

Também se encontra em execução ou em fase de projeto, destaca Adilo Costa, “a ampliação e requalificação da EB de Cabanas, da EB Zeca Afonso com ampliação de refeitório, telheiro e remodelação do espaço de jogo e recreio, bem como a colocação de novo equipamento de jogo e recreio”. Mas as obras, que totalizam mais de um milhão de euros, não se ficam por aqui, acrescenta o responsável da Educação, “pois estamos a proceder à substituição de pavimentos e equipamentos de jogo e recreio da EB António Santos Jorge (pré-escolar e 1º ciclo)”.

Destaca-se ainda a intervenção das Juntas de Freguesia do concelho em praticamente todas as escolas, através da transferências, que envolveram mais de 360 mil euros para a realização de trabalhos de conservação e de limpeza variados.

 

“Não à bela sem senão”

 

Na abertura deste ano escolar, lembra Adílo Costa, “reitera-se a necessidade por parte do Ministério da Educação e Ciência de garantir a construção de Pavilhões Desportivos na Escola Secundária de Palmela e na Escola Básica José Saramago, em Poceirão” e destaca que a  Câmara de Palmela “apresentou ao Ministério da Educação e Ciência uma proposta concreta de comparticipação municipal e de gestão para a construção do Pavilhão Desportivo da Escola Secundária de Palmela, desde que seja também destinado à utilização da comunidade”.

 

Investimento forte nos transportes escolares

 

A autarquia, frisa o vereador da Educação “continua a investir fortemente nos transportes escolares, que abrangem 1 884 alunos, com 1 659 a utilizarem transportes públicos e 225 alunos, que são transportados em viaturas municipais, envolvendo uma despesa total superior a 709 mil euros”.

A Câmara de Palmela apoia também os agregados familiares mais carenciados que contemplam 316 crianças do pré-escolar com refeições gratuitas. Também os 950 alunos do 1.º Ciclo do ensino básico terão refeições gratuitas e apoio financeiro para material escolar e visitas de estudo no montante de 40 euros.

 

Atribuição de Bolsas de Estudo e refeições escolares

A iniciativa foi criada no ano lectivo passado e continua a contemplar 30 alunos, que queiram prosseguir os estudos, que envolve um montante de 147 mil euros. Os alunos do concelho de Palmela beneficiam também do fornecimento de 2800 refeições diárias, que ultrapassam o montante de um milhão e cem mil euros. As 815 crianças que frequentam os jardins de infância da rede pública beneficiam da distribuição de fruta todos os dias, com um custo estimado de 12 mil euros.

Da bancada da oposição vieram os elogios de José Calado, vereador do MIM, que referiu “dou os parabéns ao vereador Adilo Costa pelo trabalho realizada na área da Educação”, enquanto o socialista Raúl Cristóvão solicitou que “sejam entregues os relatórios como decorreu o ano lectivo, pois não queremos fazer análises erradas”. O presidente Álavro Amaro assegurou que “os dados serão enviados a todos os vereadores”.

A recepção à comunidade educativa irá realizar-se no dia 17 de Outubro, na EB Alberto Valente, em Pinhal Novo.

Comentários

- Pub -