Assembleia Municipal rejeita aeroporto no Montijo

76
visualizações

A Assembleia Municipal de Palmela, presidida por Ana Teresa Vicente, realizou uma reunião extraordinária, na passada quinta-feira, para dar parecer negativo ao Aeroporto no Montijo.

- Pub -

O deputado municipal da CDU Domingos Rodrigues foi o porta-voz da proposta, explicando que “não existem instrumentos de planeamento estratégico que justifiquem que o novo aeroporto de Lisboa, não seja construído em terrenos públicos do Campo de Tiro de Alcochete”. O eleito comunista considera que “a opção pela localização na actual base Aérea do Montijo é uma opção imediatista, que não resolve os problemas de saturação do actual aeroporto de Lisboa e que traz graves impactes ambientais”.

O parecer aprovado refere que “não se pode comportar um aeroporto sem que sejam feitos os investimentos propostos pelo município e pela AML” e defende, entre outros investimentos, “a construção das variantes às estradas nacionais 379 e 252, que se antecipa ficarem ainda mais congestionadas”, “a construção da Terceira Travessia do Tejo, a construção da Circular Regional Externa da Península de Setúbal, a construção de troços para transporte colectivo em sítio próprio e investimentos na linha do Sado, incluindo a construção da estação de manobras de Pinhal Novo”.

Lê-se ainda que devem “garantir-se acessos e requalificação das circulares norte e sul da Autoeuropa e acesso à futura plataforma Logística do Poceirão”, assim como “investimentos no Metro Sul do Tejo e reforço nas ligações fluviais”.

Comentários

- Pub -