Palmela brinda à liberdade com Vitorino em palco

77
visualizações

Exposições, espectáculos artísticos e cinema, além da habitual sessão solene da Assembleia Municipal, celebram 25 de Abril em todas as freguesias do concelho

 

- Pub -

Um concerto com Vitorino, exposições, espectáculos de música e dança e cinema são alguns dos destaques do programa comemorativo do 45.º aniversário da Revolução dos Cravos de Palmela.

Organizado em conjunto pela Câmara Municipal com as juntas de freguesia e o movimento associativo do concelho, as comemorações do 25 de Abril apresentam como prato forte a presença de Vitorino em palco, no dia 24, a partir das 22h00, no Jardim José Maria dos Santos, na freguesia do Pinhal Novo, e a habitual realização da sessão solene evocativa da data da liberdade, promovida pela Assembleia Municipal no dia seguinte, 25, pelas 11h00, na Biblioteca Municipal de Palmela.

Já a partir da próxima sexta-feira, 12, estará patente ao público na Biblioteca Municipal de Palmela a exposição subordinada ao tema “O 25 de Abril na Imprensa”. A mostra, que poderá ser visitada até 10 de Maio, dá a conhecer “os principais jornais portugueses que mostram o fim de um regime e abriram caminho à instauração da Democracia em Portugal”, revela a Câmara Municipal, lembrando que “alguns painéis reconstituem os momentos mais decisivos das operações desencadeadas pelo Movimento das Forças Armadas, de forma a facilitar a leitura e interpretação dos acontecimentos”.

Em exibição ao público estará ainda outra exposição, mas na Escola Secundária de Palmela, entre 23 de Abril e 3 de Maio. “PIDE em Pinhal Novo. Para que a memória não esmoreça” é o título da mostra, que relata a história e testemunhos dos tempos de repressão vividos antes da queda do regime.

 

Espectáculos e cinema

 

Para dia 24, à mesma hora (22h00) do concerto de Vitorino em Pinhal Novo, está agendado o espectáculo “Dançar Abril”, no exterior do Centro Cultural do Poceirão.

Da dança para o som das cordas, as comemorações prosseguem no dia seguinte, 25, pelas 18h00, com o espectáculo “Abril, Som e Palavra” a cargo da Orquestra de Guitarras da Sociedade de Instrução Musical, na Quinta do Anjo. Mais tarde, a partir das 22h00, no Cineteatro São João, em Palmela, haverá “canções da Liberdade” com Conceição Silva. Neste espectáculo serão “interpretadas canções de José Afonso, José Mário Branco, Fausto, Sérgio Godinho, Chico Buarque, Ary dos Santos, José Luís Tinoco, entre outros”, realça a autarquia.

A 26 e 27 de Abril, será sétima arte a estar em destaque com a exibição de uma longa-metragem que retrata as dificuldades da vida na década de 1950 no Alentejo. “Raiva”, com realização de Sérgio Trefaut, será apresentado no Auditório Municipal do Pinhal Novo, no dia 26, a partir das 21h30, e no dia seguinte, 27, a partir das 22h00, no Centro Cultural do Poceirão. O filme a preto e branco é uma adaptação da obra “Seara de Vento” (1958), de Manuel da Fonseca, “um clássico do neo-realismo português sobre a pobreza, a opressão e as injustiças sociais que se inspirou num evento verídico acontecido em Beja, em 1930”.

Comentários

- Pub -