Cidade entra em festa vestida de flores

74
visualizações

Inauguração decorre esta manhã com desfile de crianças das escolas básicas trajadas a rigor e animação de rua. Actividades estendem-se até domingo ao Forum Montijo

 

- Pub -

 

 

A Praça da República acolhe hoje, a partir das 10h00, a cerimónia de inauguração da Festa da Flor, no Montijo, que contará com a presença da Miss Capital da Flor, Mariana Moreira. O evento, que promete embelezar e animar a baixa da cidade e que se estende ao Forum Montijo, apresenta várias actividades até ao próximo domingo.

Esta manhã, as crianças das escolas básicas, trajadas a rigor numa homenagem à flor com maior expressão no Montijo, a Gerbera, vão desfilar desde o Parque Municipal Carlos Hidalgo Gomes de Loureiro até à principal praça da cidade. Depois haverá animação de rua com “vasos andantes” a deambularem pela baixa da cidade.

Entre as 15h30 e as 17h00, Luís Saboia dinamiza uma acção de construção de tapetes de flores aberta à participação da população, que contará com a colaboração dos alunos dos projectos municipais de envelhecimento activo e do programa Cuidar +65 da União das Freguesias de Montijo e Afonsoeiro.

Com a Praça da República no centro da festa, as actividades prosseguem amanhã, sábado, logo a partir das 10h30, com a actuação do grupo de percussão Batucando. Das 11h00 às 13h00, jardineiros em andas vão distribuir flores e interagir  com os populares. A animação de rua estará de regresso à tarde, entre as 15h30 e as 17h00, com um “triciclo musical” decorado de flores a fazer-se anunciar pela referida praça. Pouco antes será lançado o concurso “Rota das Gerberas”, que dará a conhecer as lojas da baixa. Às 16h00, haverá um espectáculo de teatro circense dirigido aos mais novos, a cargo do “Teatro Lanterna Mágica”, e à noite, a partir das 21h30, actua o grupo de percussão Anau a Rufar. Logo de seguida, às 22h00, terá lugar a Flower Power Fest com tributo aos ABBA.

Até domingo, haverá ainda street food e mercadito na Praça da república.

A festa decorre em simultâneo no Forum Montijo que hoje apresenta, a partir das 21h30, um espectáculo com o humorista Herman José. Para domingo, pelas 16h00, a unidade comercial tem agendado um espectáculo do Conservatório Regional de Artes do Montijo (CRAM).

Dinamizar concelho como capital da flor

O arranque oficial do certame ocorreu ontem com a cerimónia de apresentação a ter lugar na praça redonda do Forum Montijo, perante um ambiente decorado com arranjos florais e com as participações da Miss Capital da Flor e respectivas damas de honor, além do presidente da Câmara Municipal, Nuno Canta, do presidente da Associação Portuguesa de Produtores de Plantas e Flores Naturais (APPPFN), Victor Araújo, e do director-geral da Ceetrus, entidade gestora da superfície comercial, Mário Costa.

“A equipa da Ceetrus ficou fascinada com a capacidade de dinamização das pessoas envolvidas neste evento dedicado às flores. É um grande orgulho estarmos associados a este evento, já que o Montijo é um dos principais produtores de flores. Assim, ganhamos todos, com o Montijo como capital da flor”, disse o responsável pelo Forum Montijo.

Vítor Araújo sublinhou a capacidade de produção existente no Montijo neste sector de actividade.

“Produzimos, por dia, mais de meio milhão de pés de vários tipos de flores. Aqui está sediada a maior empresa da Europa produtora de hortênsias em vaso, que produz cerca de 10 milhões de plantas por ano. São estes alguns dados estatísticos que fazem de Montijo a capital da flor”, vincou o presidente da APPPFN.

Já Nuno Canta salientou a importância de “desenvolver o conhecimento que Portugal deve ter do Montijo enquanto cidade produtora de flores”, lembrando ao mesmo tempo várias outras actividades de produção ligadas ao ramo agrícola instaladas no concelho.

“A floricultura é um traço singular do Montijo e importantíssimo na economia local. Mais de 80% das flores de corte em Portugal são produzidas no Montijo”, defendeu, a concluir.

A Festa da Flor é organizada pela Câmara Municipal em parceria com o Forum Montijo, os comerciantes da baixa da cidade, a APPPFN e a marca Flores do Montijo.

 

Comentários

- Pub -