Autarcas vão ao terreno ver estado das escolas básicas

77
visualizações

Périplo arrancou na terça-feira e termina na segunda. Nuno Canta liderou a delegação que foi constatar quais são as principais necessidades existentes no parque escolar dos dois territórios

 

- Pub -

Os executivos da Câmara Municipal e da Junta da União das Freguesias de Montijo e Afonsoeiro terminam na próxima segunda-feira, com deslocações às escolas básicas Ary dos Santos, Luís de Camões e Caneira, o périplo que iniciaram na passada terça-feira aos estabelecimentos  de ensino do 1.º ciclo dos dois territórios.

O conjunto de visitas tem como objectivo “ aprofundar a proximidade com a comunidade educativa e apurar as principais intervenções necessárias em cada escola”, revela o município, em nota de Imprensa.

A Escola Básica (EB) da Liberdade foi a primeira a ser visitada pelos autarcas. O presidente da Câmara, Nuno Canta, garantiu que a escola irá beneficiar da criação de um espaço sensorial, para as crianças com necessidades especiais, já na pausa lectiva do Natal, conforme solicitado pela coordenação do estabelecimento de ensino. Ao mesmo tempo, anunciou que a escola irá ser requalificada e ampliada “a curto prazo, estando prevista a criação de mais quatro salas de aulas para o 1.º ciclo e o aumento do espaço de refeitório”, salienta a autarquia.

A comitiva liderada por Nuno Canta passou depois pela EB do Areias. Segundo a edilidade, os eleitos “verificaram o melhoramento que foi efectuado no espaço exterior e o novo mobiliário colocado no refeitório” e voltaram a auscultar alguns pedidos de melhoramentos. “Entre outras pequenas intervenções, a coordenadora da escola solicitou a reparação de uma caleira no telheiro de acesso ao edifício principal, para impedir a entrada de chuva no local.”

A deslocação à Escola Básica Integrada do Esteval marcou o fecho do primeiro dia do périplo. Este estabelecimento, indica o município, será beneficiado com “uma empreitada de trabalhos diversos, na ordem dos 73 mil euros, para reparação de tectos falsos, pintura geral do exterior, substituição de portas, entre outros”. Aos autarcas foi solicitada a colocação de “um toldo no acesso entre o refeitório e o auditório”, além de obras de “adaptação de sala de aula para a unidade de ensino estruturado”.

 

Visitas a três escolas por dia

 

No dia seguinte, a comitiva visitou a EB Joaquim de Almeida, a EB Rosa dos Ventos e a EB do Afonsoeiro.

“Na EB Joaquim de Almeida foi possível verificar, in loco, as obras em curso de requalificação do estabelecimento de ensino, que incluem a ampliação de refeitório e os arranjos exteriores. A previsão é que os trabalhos estejam concluídos no final deste ano”, avança a autarquia.

Já na EB Rosa dos Ventos, a coordenação desta escola solicitou “intervenções diversas, como a limpeza da horta escolar, a manutenção do piso sintético do polidesportivo, o arranjo de uma casa de banho e pinturas exteriores, em particular do pré-escolar”.

As deslocações na passada quarta-feira ficaram concluídas com a visita à EB do Afonsoeiro, com Nuno Canta a informar que a escola deverá ser requalificada “no início do Verão de 2020”. “Trata-se de uma intervenção profunda que vai dotar o estabelecimento de três salas de pré-escolar, biblioteca, sala polivalente, conferir melhores condições ao edifício de Plano Centenário e reformular o espaço exterior, com um novo polidesportivo e com arranjos exteriores”, explicou o município, a concluir.

A ronda dos autarcas pelas escolas dos territórios de Montijo e Afonsoeiro termina esta segunda-feira, com deslocações a outros três estabelecimentos de ensino.

 

Comentários

- Pub -