Câmara apoia associações culturais e desportivas com 76.640 euros

71
visualizações

O Centro de Reformados vai receber 16.750 euros para o projecto de arquitectura e especialidades da futura estrutura residencial para idosos que a instituição quer construir

O executivo camarário do Montijo aprovou um conjunto de apoios financeiros no valor total de 70 mil e 640 euros destinado a clubes desportivos e associações culturais do concelho, durante a sessão de câmara realizada na passada quarta-feira, nos Paços do Concelho.

- Pub -

O clube Olímpico do Montijo recebe a maior fatia do bolo (20 mil euros), para “o desenvolvimento da prática desportiva na modalidade de futebol nos escalões de formação até aos juvenis”. O Centro de Reformados, Pensionistas e Idosos do Montijo encaixa o segundo valor mais elevado (16.750 euros). A verba destina-se a comparticipar “o projecto de arquitectura e especialidades para a futura estrutura residencial para idosos que a instituição pretende construir”. A Companhia Mascarenhas Martins arrecada um montante que também ultrapassa os dois dígitos (14.500 euros) e que visa apoiar as actividades desenvolvidas no âmbito do teatro.

Através de contratos-programa de desenvolvimento desportivo foram também contemplados o Estrela Futebol Clube Afonsoeirense (9.640 euros), o Montijo Basket Associação (3.500 euros) e o Clube de Ténis do Montijo (1.250 euros). Estes apoios têm como objectivo apoiar “a prática desportiva” dos referidos clubes ou até mesmo “despesas com electricidade e instalações”.

A atribuição de todos estes apoios financeiros foram aprovados por unanimidade. A única proposta que passou apenas com os votos favoráveis da gestão socialista – a CDU absteve-se e o PSD votou contra – foi a do protocolo com a Associação Espaço Cénico Teatral, que estipula a atribuição de um montante de 5.000 euros, destinado à produção do espectáculo “A Cantadeira”, que será apresentado no Cinema Teatro Joaquim d’ Almeida, de 27 a 29 deste mês.

A autarquia sublinha que os contratos-programa e protocolos de colaboração aprovados incluem, também, apoios não financeiros, como a isenção de taxas e tarifas de equipamentos municipais, a utilização de transportes municipais, a aquisição de troféus e apoio à divulgação.

 

Autarcas voltam a “pegar-se” antes da ordem dia

 

No período antes da ordem do dia, a troca de palavras entre a maioria socialista e a oposição chegou a aquecer. Primeiro com o vereador Carlos Jorge de Almeida (CDU) a ser cáustico com a maioria PS em relação ao desenrolar do processo de candidatura da Festa da Atalaia a património imaterial da humanidade e depois com o vereador João Afonso (PSD) a insurgir-se contra a falta de rigor histórico da Feira Quinhentista. Nuno Canta, presidente da autarquia, reagiu e a troca de argumentos entre autarcas não foi bonita de assistir.

Comentários

- Pub -