“Laço Humano” sensibiliza população sobre maus tratos na infância

48
visualizações

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Moita (CPCJ) organiza amanhã um “Laço Humano”, na Praça da República. Uma iniciativa através da qual  a CPCJ pretende sensibilizar a sociedade para a prevenção dos maus tratos na infância

- Pub -

A iniciativa “Laço Azul” realiza-se a partir das 14h00, integrada na campanha da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, “Abril Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância 2019”.

Vestidas com blusa azul, várias pessoas vão formar um laço para alertar a sociedade sobre a importância determinante na prevenção dos maus tratos na infância. Para aém do laço humano, a CPCJ também se associa à campanha nacional de prevenção através da distribuição de folhetos informativos e cartazes junto dos parceiros sociais e entidades do concelho.

 

Um laço além-fronteiras

 

A Campanha do Laço Azul teve início na Virgínia, nos E.U.A, quando em 1989 Bonnie W. Finney amarrou uma fita azul à antena do seu carro como forma de expor a trágica história de maus-tratos que a sua neta de 16 meses sofrera. Para Bonnie Finney, o azul representava a cor das lesões provocadas nos seus netos e através deste acto simbólico tevew inicio uma campanha que se expandiu pelo mundo.

Hoje, muitos países utilizam as fitas azuis no decorrer do mês de Abril, em memória das crianças que morreram e como forma de sensibilizar a sociedade para a necessidade de prevenir os maus tratos infantis.

Comentários

- Pub -