Autarquia propõe três de viagem pelo património cultural imaterial

60
visualizações

A preservação do património cultural imaterial e da construção naval tradicional em madeira está encastrada na história da Moita e a sua ligação ao Tejo. Esta é a base para o IV Encontro de Culturas Ribeirinhas no concelho

 

- Pub -

Vários locais do concelho da Moita vão receber mais uma edição do Encontro de Culturas Ribeirinhas. É já na sexta-feira, até domingo, e o objectivo é “evidenciar e reafirmar a história singular de uma terra que cresceu com o rio e se projeta no Tejo”, refere nota da autarquia.

O IV Encontro que destaca a importância da preservação do património cultural imaterial e da construção naval tradicional em madeira, “constitui-se como mais um elemento para a afirmação do projeto municipal “Moita Património do Tejo”, acrescenta o mesmo documento.

Com um programa diversificado, esta edição do Encontro de Culturas Ribeirinhas, destaca a exibição de um documentário sobre o trabalho dos centros náuticos na preservação das embarcações tradicionais do Tejo e o colóquio sobre a construção naval tradicional em madeira e a preservação do património cultural imaterial.

Neste colóquio participam convidados estrangeiros, de diversos especialidades e investigadores, dedicados à construção naval tradicional, e de vários municípios que desenvolvem também projetos nesta área.

Está ainda agendada uma visita guiada ao Percurso Interpretativo do Estaleiro Naval de Sarilhos Pequenos e passeios a bordo das embarcações tradicionais no Cais da Moita fazem também parte do programa.

 

O Encontro é organizado pela Câmara Municipal da Moita, em colaboração com a Associação de Desportos Náuticos Alhosvedrense “Amigos do Mar” – Associação Naval Sarilhense, Centro Náutico Moitense, Secção Náutica do Beira Mar Futebol Clube Gaiense e Instituto de Dinâmica do Espaço da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

 

PROGRAMA

 

Sexta-feira

Moita – Biblioteca Municipal Bento de Jesus Caraça – Auditório Maestro Lopes Graça

21h15 – Abertura do IV Encontro de Culturas Ribeirinhas

21h30 – Exibição do documentário “A Construção Naval Tradicional e os Estaleiros das Associações Náuticas do Concelho da Moita”

22h15 – Colóquio “As Associações Náuticas e a Preservação do Património Cultural Flúvio-Marítimo”

 

Sábado

Alhos Vedros – Moinho de Maré da Azenha

9h30h -17h00 – Colóquio “A Construção Naval Tradicional em Madeira e a Preservação do Património Cultural Imaterial”

 

Domingo

Sarilhos Pequenos – Estaleiro Naval de Sarilhos Pequenos

10h00 – Visita ao Percurso Interpretativo do Estaleiro Naval de Sarilhos Pequenos

11h30 – “O Estaleiro Naval de Sarilhos Pequenos e a Preservação da Arte de Carpintaria Naval Tradicional, uma conversa com o Mestre do Estaleiro”

 

Moita – Cais da Moita

14h30 – Apresentação da exposição dos painéis interpretativos “Moita Património do Tejo”, do Cais da Moita

15h00 – Visita à exposição de embarcações tradicionais no ancoradouro do Cais da Moita

15h30 – “Passeios a bordo” nas embarcações tradicionais do Tejo

17h00 – Encerramento

Comentários

- Pub -