Câmara premiada por trabalho feito junto de pessoas com deficiência e incapacidade

40
visualizações

“É possível e é necessário integrar as pessoas com deficiência do ponto de vista da responsabilidade social e do humanismo”, disse Rui Garcia

 

- Pub -

A Câmara da Moita recebeu ontem a Marca Entidade Empregadora Inclusiva, distinção atribuída pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) que reconhece o papel da autarquia nas práticas de gestão abertas e inclusivas, desenvolvidas por entidades empregadoras, relativamente às pessoas com deficiência e incapacidade

Rui Garcia, presidente da Câmara Municipal da Moita, na reacção a este prémio, recorda a longa experiência da autarquia na integração de pessoas com deficiência. “Temos inúmeros exemplos de sucesso”, salientou, referindo-se não apenas a trabalhadores no âmbito de programas de integração do IEFP, como também àqueles que foram integrados nos quadros da autarquia.

“É possível e é necessário integrar as pessoas com deficiência do ponto de vista da responsabilidade social e do humanismo”, realça, revelando satisfação pelo facto de a Câmara Municipal da Moita poder contribuir para o desenvolvimento pessoal e profissional destes trabalhadores.

À edição deste ano da Marca Empregadora Inclusiva candidataram-se, entre 2 de janeiro e 28 de fevereiro, 112 entidades, na maioria empresas, autarquias e entidades de economia social.

Comentários

- Pub -