Construção do Centro de Saúde da Baixa da Banheira adjudicado por 2,4 milhões

60
visualizações

Nova unidade de saúde abrange cerca de 34 mil utentes e representa três décadas de reivindicações

 

- Pub -

A Câmara Municipal da Moita aprovou, em reunião pública, a adjudicação da construção da nova Unidade de Saúde Familiar da Baixa da Banheira e respectivos arranjos exteriores. Um projecto que irá abranger cerca de 30 400 utentes, sendo uma reivindicação antiga da população, da União de Freguesias da Baixa da Banheira e do Vale da Amoreira e da Câmara Municipal.

O projecto foi aprovado por unanimidade e tem um valor total de 2,4 milhões de euros, com um prazo de execução de 540 dias. Sendo que, a autarquia assumirá 335 mil euros do custo total, para além do valor do terreno já cedido, gratuitamente, em regime de direito de superfície. Um lote, localizado na zona sul da Baixa da Banheira, junto à Rotunda 25 de Abril.

A intervenção será assim financiada ao abrigo do Contrato-Programa entre a Câmara da Moita e a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, no âmbito de uma candidatura ao Programa Operacional da Região de Lisboa – FEDER.

Quanto à construção do equipamento da Saúde a Câmara Municipal anuncia também que, embora a responsabilidade total seja da tutela, a autarquia “assume os encargos com a elaboração dos projectos das especialidades, a coordenação da fiscalização técnica da empreitada, os encargos com os arruamentos, arranjos exteriores, estacionamentos, infraestruturas e respectivas ligações de água, esgotos, electricidade e telefone”.

Comentários

- Pub -